Governo não diz quando transporte escolar será normalizado em Santo Antônio das Missões

Compartilhe!

quase dois meses estudantes de Santo Antônio das Missões estão impedidos de ir para aula, por causa da falta de transporte escolar, que é de responsabilidade do Governo do Estado. A reportagem da Missioneira procurou o órgão para saber se existe alguma previsão de normalização. A única resposta dada, por meio da assessoria de imprensa, é de que “O estado está trabalhando para resolver”. No dia 25, mesma data em que um protesto em frente à 32CRE foi realizado, o juiz Luciano Gauer determinou que o transporte fosse retomado em até 48 horas.

O prazo passou e sete das 15 linhas foram normalizadas. As demais seguem sem transporte, entre elas a escola Achilino de Santis, localizada no Rincão dos Mirandas, onde 90% dos estudantes precisam do ônibus para conseguir ir para a aula. “Burocracia e sem transporte até quando?”, questiona Valdemari Belchor, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Antônio das Missões e mãe de aluna.

Leia mais: Governo não paga contas e Inspetoria Veterinária de Santo Antônio das Missões está sem energia elétrica

Ela destaca que a situação, que ocorre pela segunda vez neste ano, já havia sido avisada à coordenadoria regional. “Avisamos que o contrato emergencial ia acabar e que isso aconteceria de novo”, disse.  O processo está atualmente em trâmite na Contadoria e Auditoria Geral do Estado (Cage).

Fonte: Rádio Missioneira