Vereador Piti diz que não há motivo para ter chapa concorrente na disputa pela mesa diretora - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
10 de dezembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Vereador Piti diz que não há motivo para ter chapa concorrente na disputa pela mesa diretora

Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
10 de dezembro de 2018 l 15:32
Materia atualizada: 10/12/2018 l 15:35

Por acordo, ele é o cabeça da única chapa até então





Compartilhe!

O vereador José Antônio Flach Werle (MDB), popular Piti, será o presidente da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga em 2019. Até agora, uma única chapa, formada por integrantes do PSDB, MDB e PT, deve concorrer. Em entrevista ao programa Jornal da Manhã de hoje, ele argumentou que não vê razão para ter uma chapa de oposição na disputa. “Trabalhamos para que isso não aconteça”, disse.

Piti explicou que não se trata de uma coligação, mas sim de uma questão interna e individual dos vereadores. Antes de confirmar seu nome na cabeça da chapa, Werle conversou com a presidência do seu partido, onde foi orientado a seguir, caso esse fosse seu interesse. O vereador argumentou que gostaria do cargo e não chegou a acordo dentro da bancada do MDB. O vereador Aldimar Pereira, popular Buzina, também tinha intenção de ser presidente da mesa.

Conforme o medebista, será um ano desgastante por questão de tempo e responsabilidade. Ele adianta que implantará seu modelo de trabalho, mas não fará nenhuma substituição na equipe da casa. Segundo Piti, as mudanças de servidores e servidores não são necessárias, pois vê competência nas pessoas que ali estão desde o início de 2017. O futuro presidente frisou que nunca fez nenhuma indicação de cargo na câmara.

Em relação ao concurso público, assunto que pode ser motivo de divergência na casa em 2019, afirmou que é preciso buscar orientação jurídica para encontrar a melhor solução. A situação é alvo de apontamento jurídico. José Antônio defende que pensa sempre no melhor benefício público.

Ele também comentou a articulação do novo governo federal para que Darcísio Perondi (MDB) assuma uma cadeira no congresso, mesmo que não tenha sido eleito.  Werle comemorou e disse que o colega de partido é bastante comprometido com a região e as questões da saúde. Perondi afirmou que não tem dúvida de que será bom para São Luiz Gonzaga.

Fonte: Rádio Missioneira

 


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados