Região perdeu recurso da ponte em Porto Xavier, mas outro será conquistado, afirma presidente da AMM

Compartilhe!

Mesmo sem o recurso de R$ 81 milhões conquistados no ano passado, repassado na semana passada para a BR 116, lideranças da região das Missões estão confiantes na construção da ponte internacional em Porto Xavier. O valor da bancada gaúcha foi destinado à duplicação da rodovia, em acordo realizado em Brasília, já que o projeto da ponte poderia não ser concluído dentro do prazo.

A possibilidade já era comentada há algumas semanas. No dia 06 de outubro o ministro chefe da Casa Civil, Carlos Marun, esteve em Porto Xavier com prefeitos da região. Ele sinalizou que caso não houvesse tempo para cumprir os prazos, o dinheiro seria remanejado.

Segundo o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Paulo Peixoto, novos recursos serão pleiteados no dia 30, data em que haverá votação dos projetos em Brasília. Existe o valor de R$ 169 milhões, divididos em três prioridades. “O sonho está cada vez mais perto”, citou Peixoto. Prefeitos estão articulados com seus deputados na capital em busca de votos para o projeto. Novamente, o deputado Darcísio Perondi (MDB) está à frente das negociações.

Ele acredita que a licitação será realizada ainda neste ano. As tratativas necessárias com a Argentina já foram acertadas. “O sonho está mais vivo do que nunca”, resumiu. Na sexta (26), haverá reunião da associação em Pirapó, onde serão definidas estratégias da comitiva que viajará à Brasília para a votação. A pauta do encontro também incluiu a segurança e as demais demandas das Missões

Ouça a entrevista com Paulo Peixoto

Fonte: Rádio Missioneira