Jogo entre AGSL e Atlântico foi cancelado

Compartilhe!

Nos enganamos, não era novela, era filme e com direito a parte 2. Para a surpresa de dirigentes, atletas, imprensa e torcedores, às 17 horas de ontem (02) tocou o telefone do diretor de esportes da AGSL, Pitti Werle, era um representante do Atlântico avisando que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), havia aceito o pedido de efeito suspensivo (o clube de Erechim luta para reaver os seis pontos perdidos na punição que o acusa de ter escalado um jogador irregular), assim a Federação Gaúcha de Futebol de Salão teve que aceitar e cancelar o jogo.

As pressas Pitti informou os veículos de comunicação da cidade, inclusive que o grupo de atletas do Atlântico já estava em Santo Ângelo, mas dali retornara. Os jogadores da associação lamentaram bastante a notícia de última hora, afinal, tudo estava pronto. O time manteve um treinamento na quadra no horário que seria a partida, e de lá viam alguns torcedores que não tiveram tempo de receber a informação chegando sem entender nada. Dirigentes da AGSL se mantiveram no hall de entrada do ginásio avisando os torcedores que não teria jogo, muitos deste torcedores eram vindos de outras cidades como Porto Xavier, Bossoroca, Santo Antônio e até de Santa Maria.

Quem comprou o ingresso poderá usá-lo assim que uma nova data for marcada, portanto o ingresso continua valendo. Agora quem quiser seu dinheiro de volta, poderá pegar nos pontos de venda onde foi adquirido.

A AGSL lamenta muito pelos torcedores que não puderam ser avisados a tempo, salientando que fez de tudo para que a informação chegasse ao maior número de pessoas, mas pela brevidade de tempo com que foi informada não teve tal condição. Também agradece aos torcedores que foram e levaram agasalhos para as vítimas das enchentes, o presidente Pascoal Cadore afirma que a equipe vai continuar recebendo colaborações.

Dos outros três confrontos destas quartas de final, o único realizado foi o de ASSAF x ALAF, vencido pela ALAF por 2 a 1. Este jogo ocorreu por que independentemente do resultado do julgamento não alteraria os adversários um de outro. Para AGSL resta aguardar, pois agora volta o capítulo anterior: quem a equipe vai enfrentar nestas quartas de final?