Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Vice-presidente da Cermissões orienta sobre como reivindicar atendimento onde cooperativa ainda não atua

Compartilhe!

O atendimento da Rio Grande Energia, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica na região, é motivo de inúmeras reclamações de clientes. Dias sem luz e falta de informações no atendimento são as principais queixas do público. Uma grande parte preferia ser atendida pela Cermissões, que tem sede em Caibaté e permissionária e atende algumas localidades da região.

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã, o vice-presidente da cooperativa, Diomedes Rech, destacou que são muitos os pedidos da comunidade regional nesse sentido. No entanto, a Cermissões só pode atuar em áreas com permissão legal.

Ele explicou, que a justiça é única que pode mudar a situação. Para que isso aconteça, clientes devem expressar esse desejo oficialmente. Rech orienta as pessoas a procurarem o Ministério Público Federal com documentos, tais como protocolos de atendimento e informações que confirmem o descaso da RGE. Outra alternativa, conforme o vice-presidente, é procurar sindicatos e órgãos de classe que possam ajudar nessa semana, que deve ser coletiva. “Quanto mais pessoas melhor. Mas não adianta só quando ficam sem luz. Por quando volta, já esquecem”, relatou.

Em relação às obras em andamento, Diomedes destacou o alimentador às margens da ERS 168, que irá atender comunidades de Rolador, Caibaté e Mato Queimado. Outro reforço está sendo feito próximo ao trevo do Caaró, para reforçar a área de lavouras com pivôs. Nesta semana, o vice-presidente faz um roteiro de visitas em câmaras, prefeituras, escolas e sindicatos, para entregar brindes aos parceiros e associados, como forma de agradecimento pelo ano que chega ao fim. Esse trabalho geralmente é realizado pelo assessor de comunicação, Valdir Velozo, mas ele está doente. Por isso, Rech assumiu o serviço. Diomedes destacou que o profissional está em recuperação e deve voltar ao trabalho em breve.

Fonte: Rádio Missioneira