Vereador Piti Werle fala sobre preocupação com situação das estradas de São Luiz Gonzaga - Rádio MissioneiraRádio Missioneira
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
26 de novembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Vereador Piti Werle fala sobre preocupação com situação das estradas de São Luiz Gonzaga

Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
26 de novembro de 2018 l 16:04
Materia atualizada: 26/11/2018 l 16:41

Em entrevista à Rádio Missioneira, ele também comentou sobre outras questões do município





Compartilhe!

O vereador José Antônio Flach Werle (MDB), popular Piti, está preocupado com a situação das estradas de São Luiz Gonzaga. Em entrevista ao programa Jornal da Manhã de hoje, ele informou que a população reivindica melhorias. Os problemas atingem as estradas rurais e as cidade, de bairros e vilas. A chuva de quase 100mm na sexta piorou ainda mais a situação.

Conforme Piti, a secretaria de obras terá que dar uma atenção especial à questão. Hoje, ele participará de uma reunião na vila Marcos, convocada por moradores, que pedem melhorias na rua General Câmara. A via tem sido a mais usada para acesso ao bairro, já que a Hipólyto Ribeiro está em condições piores de trafegabilidade. O problema de General, segundo o vereador, é que não possui calçamento. Quando chove, há barro. Quando o tempo está seco, o problema é a poeira. Werle informou que a rua está prevista para receber calçamento no projeto de financiamento da prefeitura.

Na entrevista, José Antônio foi questionado sobre dois assuntos da comunidade. Um deles é a demora em filas de bancos. Semana passada, um cliente ficou por mais de uma e meia para receber atendimento no caixa. Piti explicou que tem conhecimento da situação, e acredita que as situações são pontuais. No entanto, defende que bancos respeitem a lei e que a prefeitura faça fiscalização devida.

O outro assunto foi o comércio ambulante na cidade. O assunto é motivo de conversa entre empresários da cidade, que muitas vezes se sentem prejudicados pela situação. Segundo o vereador, a Associação Comercial e  Industrial (ACI), deve levantar o debate, junto com a prefeitura e demais pessoas envolvidas.

Segundo Piti, todos têm o direito de trabalhar, mas não podem transgredir  a lei. Ele acredita que deve haver fiscalização pertinente, e ao mesmo tempo, encontrar uma solução para ninguém seja prejudicado.

Fonte: Rádio Missioneira

 


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados