Varejo da Moda Missioneira entra na segunda fase do projeto

Compartilhe!

O projeto Varejo da Moda Missioneira, realizado pelo SEBRAE em parceria com a ACI de São Luiz Gonzaga, entrou no segundo ciclo de atendimento sendo que desde março de 2020 atende 13 empresas do setor da moda, com o foco de aumentar o giro de estoque e aprimorar a experiência de compra do cliente nos diversos canais.

Em função da pandemia todo o projeto teve que ser reestruturado, tanto na forma de realização, que passou de presencial para atendimento online ou híbrido, como a revisão das entregas.

De acordo com a gestora do projeto, Lisiani Uggeri Hampel, com a crise sanitária em todo o mundo, o canal digital sofreu uma aceleração, forçando a entrada dos pequenos negócios nesse meio, sendo uma das alternativas para manter a empresa ativa. Segundo uma pesquisa realizada pelo Adyen Retail Report,  62% dos clientes continuarão a fazer mais compras online do que antes da pandemia e ainda os clientes que utilizaram as plataformas online gastaram 40% a  mais do que nas lojas físicas. O digital não tem volta, o cliente se acostumou com essa comodidade de compra e agora ele quer mais, para isso as empresas terão que estar preparadas para competir nesse meio.

Para que as empresas fiquem mais competitivas nesse setor o grupo participou de diversos cursos, palestras e consultorias. O foco maior foi no sentido de aprimorar o seu posicionamento de marca, engajamento com o cliente, geração de conteúdo e claro, o processo de compra e vendas.

Nesse ano, vamos dar um foco ainda maior para o digital, fazendo com que as empresas entendam cada vez como funciona esse mercado e de que forma podem fortalecer a sua presença nesses canais e integrar com o ponto de venda. Não é só mostrar produto, o cliente quer mais, ele quer relacionamento, conteúdo, diversão, acessibilidade, conveniência, divertimento, rapidez no atendimento, sem esquecer da qualidade, multicanalidade e claro, uma experiência incrível seja no online como no PDV. Para que tudo isso seja entregue é fundamental que as empresas conheçam a sua persona, a jornada do cliente, a importância de gerar conteúdo de qualidade, ter um cronograma de postagens e acompanhar os indicadores.  Da mesma forma os clientes irão receber todo um atendimento focado no planejamento para que as compras sejam mais assertivas e com isso tenham um estoque mais saudável sem esquecer que todo o processo é realizado por pessoas e hoje o perfil de seleção e as competências exigidas para um bom profissional são diferentes de 10 anos atrás, para isso vamos também dar uma pincelada sobre como atrair e selecionar o seu time.

As ações do projeto reiniciaram nesse segunda-feira em formato online. O projeto finaliza em Janeiro de 2022. As empresas atendidas são monitoradas através de indicadores para que possa ser avaliado a evolução da gestão, sendo que mensalmente elas devem preencher um sistema com o indicador do projeto.

Caso você tenha interesse em conhecer as soluções do Sebrae não deixe de visitar o portal www.sebraers.com.br onde você terá acesso a vários conteúdos gratuitos, além de cursos e consultorias específicas para a sua empresa com valor subsidiado.

Fonte: Associação Comercial e Industrial de São Luiz Gonzaga