Vacinação contra febre aftosa atingiu as metas em nossa região - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
16 de janeiro de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Vacinação contra febre aftosa atingiu as metas em nossa região

Fotos: Divulgação
16 de janeiro de 2020 l 17:14
Materia atualizada: 17/01/2020 l 09:22




Compartilhe!

Os produtores devem atualizar os seus dados junto à inspetoria veterinária de sua região, referente a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul que aconteceu no mês de novembro. O alerta foi feito pela veterinária Franciele Menna Barreto, da Supervisão Regional de Agricultura, que esteve participando do Programa Cidade Alerta.

A instrução é que após imunizar seu rebanho, o produtor tinha o prazo até o dia 6 de dezembro, para comprovar a vacinação junto à Inspetoria de Defesa Agropecuária local, apresentando a classificação do rebanho, por sexo e idade, e a nota fiscal de compra das doses aplicadas. No entanto, alguns ainda não apresentaram as respectivas notas de compra das vacinas, e já estão sujeitos as multas previstas na legislação.

Apesar da maioria dos servidores terem participados da greve da categoria, que teve início no dia 26 de novembro, praticamente na semana final do prazo da vacinação, as doses foram comercializadas normalmente nas diversas agropecuárias credenciadas, o que não impediu a compra e aplicação das mesmas por parte dos produtores.

Segundo, Franciele Menna Barreto, a meta de vacinação foi alcançada em todas as regiões, demonstrando que o pecuarista está preocupado com a qualidade e a garantia do padrão de sanidade dos rebanhos.

Na questão do Rio Grande do Sul estar em busca de ser considerado zona  livre da febre aftosa, a veterinária informou que no mês de setembro foi realizada a última etapa da auditoria feita pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural com estudos técnicos e científicos sobre o assunto. No entanto, até o momento, não foi divulgado nenhum laudo.

Rádio Missioneira

 


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados