Telefonema da ministra Tereza Cristina dá sinal de ações do governo em relação a estiagem - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
31 de março de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Telefonema da ministra Tereza Cristina dá sinal de ações do governo em relação a estiagem

Foto: divulgação
31 de março de 2020 l 16:29
Materia atualizada: 31/03/2020 l 16:29




Compartilhe!

Após a nota da FETAG-RS, emitida no domingo, em que a entidade cobrou do governo federal ações referentes a estiagem que assola o Estado nos últimos meses, o Ministério da Agricultura,  finalmente se posicionou.

Na tarde  de ontem (30), o presidente da FETAG-RS, Carlos Joel da Silva, recebeu ligação da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,  Tereza Cristina. Também participaram da ligação o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke, e o secretário de Política Agricola, Eduardo Sampaio.

Na ligação, a ministra questionou quais eram os pontos mais urgentes dentre todas as pautas que foram entregues pela FETAG-RS e pelas demais entidades. Joel informou que tudo o que foi passado para ministério é absolutamente indispensável e que é preciso agilidade para socorrer o produtor rural, com maior destaque para o bolsa estiagem, o financiamento para capital de giro de R$30 mil e a renegociação dos financiamentos bancários.

A ministra informou que o Mapa está trabalhando nas pautas, sendo que horas antes  houve uma reunião com a bancada federal gaúcha, que também está cobrando ações do governo. Ainda na noite da segunda-feira,  a ministra reuniu-se com Paulo Guedes,  ministro da Economia, para encaminhar os assuntos para votação no Conselho Monetário Nacional. Teresa Cristina também informou que irá se reunir com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, para tratar do bolsa estiagem.

De acordo com o presidente Carlos Joel da Silva, “a ministra se comprometeu a anunciar medidas nos próximos dias, pois está construindo acordos com o Ministério da Economia,  mas está tudo bem encaminhado. Acredito que teremos boas notícias em breve, o que é muito bom, pois o agricultor não pode esperar mais”.

Fonte: FETAG RS


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados