Subestação Ijuí 2 completa oito anos

Compartilhe!

Em operação desde 2013, a Subestação Ijuí 2 celebra oito anos nesta quarta-feira (14). Sua energia é importante para milhares de brasileiros – especialmente, para a região Noroeste do Rio Grande do Sul.

A unidade é de propriedade da CGT Eletrosul. Por ela, passam dois módulos de linhas de transmissão de 230 kV, que possibilitam conexões com o Sistema Interligado Nacional (SIN): Santo Ângelo 2 e Usina Hidrelétrica Passo Real, ambos da CEEE. Há, também, um setor de 69 kV, que conta com quatro interligações: Demei (Departamento Municipal de Energia Elétrica de Ijuí), Panambi 2 (Hidropan), Ceriluz e Ijuí 1 (RGE), que se conecta com uma subestação da CEEE.

Seus três transformadores somam um total de 249 MVA de potência instalada. O empreendimento é telecontrolado pelo Centro Regional de Operação de Areia, que fica no Paraná, e os serviços estão sob responsabilidade do Centro Regional de Manutenção e Apoio à Operação de Santo Ângelo, ambos da CGT Eletrosul.

Está em andamento a ampliação “B” da unidade, atendendo ao Contrato de Conexão ao Sistema de Transmissão (CCT) firmado com a Cooperativa Regional de Energia e Desenvolvimento Ijuí (Ceriluz). Este projeto compreende um módulo de entrada de linha de 69 kV, referente à LI Ceriluz 3 – Ijuí 2, pertencente à Ceriluz, e está em fase de comissionamento. Sua energização está prevista para maio deste ano.

Fonte: Assessoria de Imprensa | CGT Eletrosul