logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

STR realizou a 3ª etapa do curso de Capacitação de Lideranças Sindicais

Compartilhe!

A terceira etapa do Curso de Capacitação de Lideranças Sindicais do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Santo Antônio das Missões e Garruchos foi realizada quarta e quinta, dias 4 e 5, na Casa Familiar Rural de Santo Antônio das Missões (CFRSA). Este módulo contou com a participação de aproximadamente 20 pessoas de várias comunidades do interior e da cidade dos dois municípios – o primeiro módulo foi realizado em junho e o segundo em outubro. O presidente do STR, Agnaldo Barcelos, agradeceu a presença da comunidade e enfatizou a importância das lideranças também pensar e refletir as ações do movimento sindical.

Na quarta-feira, a programação começou com uma mística de abertura, na qual os participantes refletiram sobre a bandeira e o símbolo do STR. Na sequência, Agnaldo realizou o debate inter módulo, resgatando os temas das etapas anteriores e falando sobre sucessão rural, diminuição dos pequenos produtores e do público jovem nas comunidades, além da falta de terra para voltar ao campo, produção de alimentos e reforma agrária. A etapa seguiu com a apresentação das formas de arrecadação e distribuição dos recursos do STR, feitas pelas funcionárias Fabrícia de Souza e Carine Konzen.

À tarde, o assessor da Regional Missões II, Rafael Dalenogare Paz, realizou a oficina “Comunicação e Expressão e Relacionamento Interpessoal”, apresentando consequências das falhas de comunicação e formas de melhorar a transmissão das informações. Após um rápido intervalo, a vereadora e coordenadora de Mulheres da Regional Missões II, Claudete Druzian, conversou sobre o tema “Conquistas e Desafios da Mulher Sindicalizada Rural na Região das Missões”. Ela destacou a importância das mulheres para o movimento sindical, ressaltando que o agricultor não pode se acomodar com as conquistas, pois ainda há muitos desafios. A programação do primeiro dia foi encerrada pelo professor Mário Ubaldo Ortiz Barcelos, da Escola Técnica Achilino de Santis, que falou sobre “Produção de Autoconsumo: manutenção e sustentabilidade familiar”.

ETAPA SEGUIU COM CHUVA E SEM ENERGIA ELÉTRICA NA QUINTA

A quinta-feira começou com chuva forte, ventos e sem energia elétrica em Santo Antônio das Missões. Mesmo assim, não impediu a presença da maioria dos participantes no curso – poucos não tiveram como chegar. Agnaldo Barcelos comandou uma retrospectiva do dia anterior, e iniciou o debate sobre “Associativismo e Cooperativismo em Prol da Organização da Produção da Agricultura Familiar”. Para exemplificar o tema, a presidente da Associação de Produtores e Artesões Missioneiros (Apam), Elaine Araújo, fez um relato sobre a caminhada da entidade, apresentando as dificuldades do trajeto e os benefícios da associação de produtores.

Agnaldo Barcelos retomou a palavra para discutir o Projeto Alternativo do Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), fase III – arranjos municipais. O presidente do STR debateu com os presentes temas relativo ao projeto para a realização de um encontro municipal da família rural.
À tarde, foi definido um plano de estudos para o próximo módulo e realizada uma avaliação dos dois dias de encontro. A quarta etapa será realizada em fevereiro, nos dias 20 e 21. No segundo dia será realizada também a formatura da turma.

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.