Secretário espera que existam profissionais interessados nas vagas deixadas por cubanas em São Luiz Gonzaga - Rádio MissioneiraRádio Missioneira
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
24 de novembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Secretário espera que existam profissionais interessados nas vagas deixadas por cubanas em São Luiz Gonzaga

Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
24 de novembro de 2018 l 08:56
Materia atualizada: 24/11/2018 l 08:56

Segundo Valmir Silveira, ESF do Centro e do bairro Presidente Vargas terão atendimento paliativo uma vez por semana





Compartilhe!

O ESF do Centro de São Luiz Gonzaga e o localizado no bairro Presidente Vargas estão sem atendimento médico desde terça (20). As médicas que trabalhavam nos locais são de Cuba, e foram embora após a interrupção do contrato do programa Mais Médicos.

Segundo o secretário municipal de saúde, Valmir Silveira, na próxima semana os postos poderão ter atendimento ao menos por um dia. Em entrevista ao programa Jornal da Manhã, ele explicou que uma profissional que atua no presídio irá trabalhar no bairro presidente Vargas. Outra médica irá atender uma vez por semana no ESF do centro, de forma paliativa.

Valmir destacou que os moradores podem procurar outro posto de saúde perto de casa para atendimento. Em casos de emergência, o secretário orientou a ir ao plantão do hospital. Ele frisou que esse alternativa deve ser utilizada somente em casos graves.

Silveira espera que com a abertura edital do programa, novos profissionais tenham interesse em trabalhar em São Luiz Gonzaga. A cidade possui ainda uma médica brasileira que atua no Mais Médicos e um médico argentino.

Dentista e nutricionista

Na entrevista, o secretário também comentou sobre outras especialidades que precisam de profissionais na cidade. É o caso da nutrição, que no momento está sem atendimento. A nutricionista está afastada por problemas de saúde. Conforme Valdir, um edital de contratação emergencial será aberto em breve.

Outra reivindicação é de dentista para o posto da vila Trinta. Segundo Silveira, a aprovada no concurso não conseguiu assumir o cargo. Ele enviará à câmara um projeto de contratação emergencial. A expectativa é que a seleção ocorra em janeiro.

Em relação ao atendimento na farmácia, uma farmacêutica irá atender a partir de dezembro. Com isso, o local voltará a funcionar em dois turnos.

Fonte: Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados