Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Sargentos se despedem do Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

O último sábado (26) marcou a despedida dos sargentos Dorsay Viero, Aldemir Trolle, Roberto Saydelles do Canto e Plínio Bastos do Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga. Após anos de serviços prestados, os profissionais se aposentaram.

Muito estimados pela comunidade, os quatro conversaram com a Rádio Missioneira.  O sargento Aldemir Trolle, há aproximadamente 28 anos atuando em São Luiz Gonzaga, ressaltou que acredita ter deixado um legado satisfatório para a região. “Agora chegou a hora de curtir a vida com a família”, destacou.

Conforme Trolle, as ocorrências que mais lhe marcaram neste período foram aquelas que envolveram crianças. A perda do sargento Aroldo Mendonça para a covid-19 também é um fato marcante para Trolle. “Após a sua morte, ficou essa lacuna. Lamentamos muito ele não estar aqui”, disse. Emocionado, o profissional considera que o trabalho valeu a pena e que faria tudo novamente, caso fosse necessário.

Natural de Santiago, o sargento Dorsay Viero relembrou que está em São Luiz Gonzaga desde a inauguração do batalhão. Atuando em centenas de ocorrências, o profissional agradeceu a Deus pela saúde e por nunca ter sofrido lesões nesse período. Dorsay também lembrou da estrutura disponível no batalhão local, oportunizando um atendimento adequado para a população.

Há 31 anos na cidade, o sargento Roberto Saydelles do Canto disse estar muito satisfeito com a sua atuação e por acreditar em ter contribuído da melhor forma para a comunidade nesse longo período de serviço. “Acima de tudo, saio com a consciência tranquila e com o sentimento de dever cumprido”, destacou.  

A cidade de São Luiz Gonzaga também se tornou a nova terra para o sargento Plínio Bastos. Vindo de Santa Maria em 1991, o bombeiro militar disse que foi muito bem recebido nas Missões. Foi aqui que Plínio “fincou” raízes, como ele mesmo destaca.

Em mais de 30 anos em São Luiz Gonzaga, relembrou que a ideia de ingressar na área surgiu quando ele ainda estava no Exército Brasileiro. Plínio finaliza agradecendo a comunidade em nome de todos os colegas que estão se aposentando.”A vida é uma escola, recheada de aprendizados. Disso, temos certeza que sairemos com a bagagem cheia. O nosso muito obrigado a todos!”, conclui.

Rádio Missioneira 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.