logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

São Borja: encerrada a Semana Sindical

Compartilhe!

Nesta sexta-feira, dia 13, foi encerrada a Semana Sindical do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de São Borja, organizada juntamente com a Regional Sindical Missões II e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag-RS), que desde segunda, dia 9, estava sendo realizada no município com o objetivo de reapresentar o STR, realizando visitas às comunidades do interior, entidades, escolas, assalariados e pescadores. A estimativa é que ao todo tenham sido visitadas 1500 famílias de todo o interior.

A programação do último dia começou às 7h com uma reunião de avaliação das visitas entre as equipes, apresentando as demandas das comunidades e projetando ações posteriores. Depois, as equipes se deslocaram até o salão de eventos da Cotrisal, onde foi realizado o Encontro Municipal de Aposentados Rurais. A abertura oficial foi às 10h. O presidente da Cotrisal, Ney do Amaral, deu as boas-vindas, e disse que a cooperativa é parceira de toda a classe da agricultura. Na sequência, o vereador Tiago Cadó (PDT), representando a Câmara de Vereadores, destacou a importância da atividade. “Quem faz a diferença é o agricultor familiar”, afirmou. Ele também apontou a monocultura e o latifúndio como um dos principais problemas para o desenvolvimento local – o presidente da Câmara, Roque Feltrin (Solidariedade – SDD), esteve presente, mas devido a outros compromissos não pode participar da solenidade de abertura. Quem também não pode estar presente foi o prefeito Farelo Almeida, representado pelo secretário municipal do Desenvolvimento Rural, Odilon Vilhalba, que complementou o discurso de segunda-feira, apresentando mais ações da Prefeitura para beneficiar a agricultura familiar.

O presidente do STR de São Borja, Vanderly Almeida, explicou que a Semana Sindical continua, ainda que não literalmente, pois segue na busca de atender as reivindicações recebidas. Ele agradeceu as parcerias e destacou o trabalho em conjunto. “Foi uma semana de união nossa. Eu acredito que há um jeito de melhorar a vida no campo, para isso precisamos de união”, concluiu. Já o presidente da Regional Missões II, Agnaldo Barcelos, enfatizou que a Semana Sindical é um grande mutirão de pessoas que acreditam na importância da produção de alimentos, do trabalho dos assalariados e dos aposentados rurais para a região. Ele também lembrou da construção do evento, iniciada em maio. Agnaldo destacou a cordialidade da população, que tem sede de informação, e precisa da aproximação de todas as entidades. “É necessário seguir buscando resposta para as demandas cobradas.

A Regional Missões II assume o compromisso de voltar para São Borja e seguir o trabalho”, garantiu. Ele ainda alertou que há indícios de trabalho escravo no município. Para finalizar, Agnaldo destacou o comprometimento dos companheiros e a confiança na atual diretoria do STR. “Que a partir de hoje possamos reconstruir uma história brilhante”, desejou. A secretária geral da Fetag-RS, Elisete Hintz ressaltou a importância que a federação dá para a Semana Sindical, e parabenizou Vanderly Almeida pela iniciativa de realizar o evento. “A partir de hoje a responsabilidade aumenta”, lembrou, dizendo também que uma Semana Sindical não se faz sozinho e que o desafio para 2014 é grande. “Todos as preocupações que trouxeram para nós não são só de vocês, são nossas, do movimento sindical. Parabéns a todos nós, porque a realização da Semana Sindical foi de todos”, concluiu.

O vereador Valério Cassafuz (PDT) e seu Alessandro Molinos, que integrou uma equipe de visitação com um carro do parlamentar, estiveram presentes. Também prestigiaram o evento Paulo Bianchi, assistente administrativo do Escritório Municipal da Emater, Rúbia Palharin e Catiele Flores, representantes da Secretaria de Assistência Social, Mirco Ames, gerente geral da Sicredi, e Claudinei Lodi, gerente de negócios da Sicredi.

IMPORTÂNCIA DO APOSENTADO E DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS EM DEBATE

Após o encerramento da solenidade de abertura, Lérida Pavanelo, presidente do STR de Santiago e 2ª tesoureira da Fetag-RS, apresentou a palestra “A Importância do Aposentado Rural na Sociedade”. Ela começou fazendo um resgate histórico da vida no meio rural, lembrando o período assistencialista dos sindicatos e a evolução para a representação. E enfatizou: “o associado é a base do movimento sindical”. Lérida também apresentou as conquistas do movimento e a importância das mulheres no processo, que pouco a pouco conquistaram a independência dos maridos e passaram a participar ativamente dos STRs.

Os benefícios para a família, e a importância da documentação organizada e do bloco de produtor também foram pautas. Lérida destacou ainda como o aposentado é essencial para a economia dos municípios. “O meio rural precisa ser visto como um lugar que tem pessoas que trabalham e geram desenvolvimento para a cidade”, afirmou. Ela lembrou também os serviços, as políticas públicas, as dificuldades de viver na cidade e a importância do STR para aposentados e associados usarem como ferramenta de luta. Para finalizar, destacou como é importante o aposentado seguir sócio e reivindicar com organização. “Continuem sendo a força, a ferramenta de luta armada do movimento sindical”, disse.

A secretária geral da Fetag-RS, Elisete Hintz, apresentou o tema “Direitos Previdenciários do Meio Rural”, e lamentou: “Há muitos homens e mulheres no município deixando de receber aposentadoria por falta de informação e documentação”. O assunto gerou muitas dúvidas e questionamentos entre os presentes, que dentro do possível, receberam uma orientação e foram aconselhados a procurarem o STR logo.
Após as palestras, foi servido o almoço e à tarde seguiu com uma atração musical.

ENCONTRO APROXIMA STR E INSS

Às 14h, o presidente do STR de São Borja, Vanderly Almeida, e a secretária geral da Fetag-RS, Elisete Hintz, foram recebidos pelo gerente da agência municipal do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS), Márcio Carpes, para começar um diálogo entre STR e INSS sobre Previdência Social. Para Elisete, o encontro foi importante para aproximar as entidades na discussão de informações importantes para o trabalhador conseguir usufruir dos benefícios previdenciários – aposentadoria, auxílio-doença e auxílio maternidade, por exemplo. A intenção é realizar um encontro específico sobre Previdência Social em março ou abril de 2014.

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.