Santo Antônio das Missões: Projeto de videomonitoramento avança e alcança R$ 83 mil

Compartilhe!
  • 27
    Shares

O Conselho Municipal Pró Segurança Pública (Consepro) de Santo Antônio das Missões recebeu hoje (22) o valor de R$ 50 mil da Sicredi, destinado ao projeto de videomonitoramento no município.

A entrega oficial foi feita no fórum da comarca, pelo gerente da cooperativa de crédito, Jorge Rafael dos Santos. Ele destacou que a Sicredi compartilha o resultado com a comunidade e por esta razão destinou o recurso para o Consepro.

O presidente do conselho, Enock Oliveira, informou que o valor total da implantação do sistema é de R$ 187.425,40. Com o recurso entregue pela Sicredi hoje, o caixa é de aproximadamente R$ 83.000. Já destinaram valores a câmara de vereadores, Coopatrigo, Associação Comercial (Acisam), sindicato dos trabalhadores rurais.

O comandante de 3º Pelotão da Brigada Militar, tenente Gelson Braga Diel, destacou questões técnicas do projeto que deve ter entre 11 e 16 câmeras dispostas em locais estratégicos da cidade. O comandante afirmou que o sistema tem como base um estudo feito por órgãos do município e levam em conta posições estratégicas, como entradas e saídas da cidade, fluxo de veículos e potenciais alvos de violência, como arrombamentos e assaltos e histórico de crimes.

O prefeito Puranci Barcelos conta que o apoio da cooperativa de crédito, se dá após a revogação das multas geradas pela extinta lei dos vigilantes que gerou multas. Agora, ele aguarda um posicionamento semelhante do Banrisul. Em entrevista ao programa Jornal da Manhã, Barcelos se colocou à disposição de prefeitos da região que passam pela mesma situação e queiram dialogar sobre o assunto.

A frente da comarca há dois meses, o juiz Luciano Gauer tomou uma posição de destaque na busca de recursos para o sistema de segurança. Em uma primeira reunião promovida por ele, que contou com autoridades, representantes de entidades e empresas, foi estipulado o prazo de 30 dias para que efetivamente fossem depositados valores para a execução do projeto. Em entrevista, o magistrado lembrou que nesta sexta-feira (23) encerra-se o prazo e que comemorou que o saldo ultrapasse os R$ 83 mil em apenas 30 dias. Disse ainda que na próxima semana será organizado o conselho da comunidade que será responsável por visitas para captação de recursos.

 

Por Rogerio Morais

Fonte: Rádio Missioneira