Santo Ângelo: Decreto suspende aulas presenciais em todas as redes de ensino

Compartilhe!

Considerando a situação de emergência no território nacional declarada pela Organização Mundial da Saúde e a situação de calamidade pública decretada pelo Estado e Município em razão da pandemia do novo Coronavírus, a prefeitura publicou decreto na manhã desta quinta-feira, 04, proibindo aulas presenciais em Santo Ângelo nas redes públicas municipal e estadual de ensino e nas escolas privadas, incluindo educação infantil e ensinos fundamental I e II.

O decreto número 3993/2021 altera a redação do artigo quinto do decreto 3989 de 1º de março de 2021, e proíbe as aulas presenciais em todas as redes de ensino.

O prefeito Jacques Barbosa assinou o documento considerando a classificação do município com bandeira final preta pelo modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado, indicando alto risco para a propagação da COVID-19.

Ao decretar a suspensão, o chefe do Executivo também considerou o agravamento da situação pandêmica que está levando à exaustão o sistema de saúde de Santo Ângelo, com altos percentuais de ocupação de leitos clínicos COVID e das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no município, a exemplo do que está acontecendo em todo o país.

A suspensão das aulas é recomendada pelos comitês municipais de prevenção e enfrentamento à pandemia, formado por profissionais de saúde, entidades representativas, instituições, e pela Associação dos Municípios das Missões (AMM).

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Santo Ângelo