logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Rio Grande do Sul registra a 2ª morte por leptospirose após as enchentes

Compartilhe!

A Prefeitura de Venâncio Aires, cidade do Vale do Rio Pardo, confirmou uma morte por leptospirose nesta terça-feira (21). A doença é transmitida na água suja, misturada com a urina de ratos. As cheias no Rio Grande do Sul já deixaram 161 mortos.

A vítima é um homem de 33 anos que teria mantido contato com a água da cheia que atingiu o município. O óbito ocorreu no dia 17 de maio, de acordo com a prefeitura.

A vítima identificada em Venâncio Aires não teve o nome divulgado pelo município. Familiares informaram à prefeitura que ele teria adotado cuidados, como o uso de botas, mas que acabou mantendo contato com a água.

Na segunda (20), o governo do Rio Grande do Sul confirmou uma morte em razão da doença, após análise do Laboratório Central do Estado (Lacen). Eldo Gross, de 67 anos, foi infectado em Travesseiro, cidade do Vale do Taquari atingida pelas enchentes. O idoso morreu em Lajeado no dia 17 de maio.

Fonte: G1

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.