Repartidos entre credores, imóveis da Cotrijuí se tornam alvo de negociações - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
25 de outubro de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Repartidos entre credores, imóveis da Cotrijuí se tornam alvo de negociações

Presidente da Coopatrigo falou sobre negociações de imóveis em São Luiz e região. Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
25 de outubro de 2019 l 10:35
Materia atualizada: 25/10/2019 l 17:19




Compartilhe!

Em participação no programa Jornal da Manhã desta sexta-feira (25) o presidente da Coopatrigo, Ivo Batista, falou sobre o processo de liquidação da Cotrijuí. O entrevistado ressaltou o processo envolvendo os bens imóveis da cooperativa, que passam a ser repartidos entre credores, a grande maioria multinacionais, cujos créditos com a cooperativa não puderam ser recuperados, nem mesmo com a intervenção judicial.

Ocupante de um dos armazéns da Cotrijuí, localizado em Roque Gonzales, a Coopatrigo acompanhava de perto essa intervenção judicial, sendo, inclusive, comunicada a devolver as chaves do imóvel para a BSBIOS, uma das credoras da Cotrijuí, que recebeu o armazém como ressarcimento – o arrendamento da Coopatrigo foi resolvido com a assinatura de um novo contrato.

Quanto ao Frigorífico localizado em São Luiz Gonzaga, Ivo informou que a estrutura do mesmo já pertence totalmente à Nidera, restando apenas os bens móveis de posse da Cotrijuí. Pelas informações do Presidente, a Nidera pretende vender o imóvel. Além desses itens, muitos outros armazéns da Cotrjiuí deverão ser leiloados, em toda sua área de operação.

Outra empresa que se encontra em situação difícil é a Giovelli SA, que solicitou recuperação judicial e deve ressarcir credores, entre eles a Coopatrigo, porém, segundo Ivo, as perspectivas de pagamento são pequenas.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados