Região das Missões retorna para bandeira "vermelha" na 20ª rodada do Distanciamento Controlado - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
18 de setembro de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Região das Missões retorna para bandeira “vermelha” na 20ª rodada do Distanciamento Controlado

18 de setembro de 2020 l 19:47
Materia atualizada: 20/09/2020 l 18:28




Compartilhe!

O governo do Rio Grande do Sul classificou, nesta sexta-feira, cinco regiões em bandeira vermelha no mapa preliminar da 20ª rodada do Distanciamento Controlado. Este é o menor número de áreas consideradas de alto risco para a contaminação do coronavírus desde a criação da instância recursiva no Estado. Com isso, a maior parte do território gaúcho ficou em cor laranja, com 17 regiões classificadas com risco médio.

As regiões preliminarmente classificadas com a bandeira vermelha são: Porto Alegre, Novo Hamburgo, Guaíba, Santo Ângelo e Cruz Alta.

Os municípios e associações regionais podem apresentar pedidos de reconsideração até as 6h de domingo. As requisições serão analisadas para que as bandeiras definitivas sejam divulgadas na segunda-feira. A nova fase do Distanciamento Controlado passa a valer oficialmente na terça-feira.

As regiões de Santa Maria, Palmeira das Missões, Erechim e Passo Fundo apresentaram melhora nesta rodada e foram classificadas na bandeira laranja. Já as áreas que permanecem como risco médio são: Uruguaiana, Capão da Canoa, Taquara, Canoas, Ijuí, Santa Rosa, Pelotas, Bagé, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado,

Até a divulgação dos resultados da rodada, 17 regiões haviam aderido à cogestão, em que podem adotar protocolos menos restritivos à bandeira na qual estão classificadas, mas no mínimo iguais à bandeira anterior. São elas: Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo  ngelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado e Erechim.

Fonte: www.estado.rs.gov.br


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados