Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Quatro pessoas são presas transportando agrotóxicos ilegais na região

Compartilhe!

Na manhã de quarta-feira (1), agentes da Operação Hórus da Polícia Civil de São Luiz Gonzaga, juntamente com o efetivo da Draco de São Luiz Gonzaga e da Brigada Militar do 14º BPM, realizaram a prisão de quatro pessoas transportando ilegalmente 20 galões de agrotóxico proibido no Brasil. Foram apreendidos ainda três veículos que eram usados no transporte.

A equipe da Polícia Civil, vinculada à Operação Hórus, realizava diligências em Santo Antônio das Missões quando perceberam a movimentação suspeita de veículos nas proximidades do trevo de acesso à cidade. Diante disso, realizaram a abordagem de um dos veículos, no qual foram localizados vinte galões do produto Paraquat, de origem estrangeira e de uso proibido no Brasil.

Com a confirmação de que se cuidava de atividade criminosa, os policiais realizaram diligências e localizaram, na sequência, outros dois veículos que prestavam apoio aos primeiros abordados. No interior desses veículos usados como batedores, foram localizados radiocomunicadores.

Um dos veículos possuía algumas alterações para adequá-lo ao transporte de produtos ilegais, tais como a falta do banco traseiro e um tanque de combustível auxiliar, adaptado para que o veículo possa fazer viagens longas sem precisar parar para reabastecer.

Ato contínuo, outra equipe de policiais notou movimentação suspeita de um outro veículo, que foi abordado com a participação de uma equipe da Brigada Militar. Em revista pessoal e identificação dos ocupantes, constatou-se que no interior do veículo também havia um rádio comunicador na mesma frequência daquele apreendido anteriormente, demonstrando que também prestava apoio logístico aos demais criminosos.

Diante dos fatos, todos os presos foram apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de São Luiz Gonzaga, onde foram autuados pelos crimes de receptação qualificada, crime ambiental e associação criminosa.

Fonte: Comunicação Social da 27ª DPRI

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.