Projeto de inovação na irrigação beneficia 25 municípos das Missões - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
8 de novembro de 2013
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Projeto de inovação na irrigação beneficia 25 municípos das Missões

8 de novembro de 2013 l 09:03
Materia atualizada: 08/11/2013 l 09:03




Compartilhe!

Agricultores familiares serão beneficiados com projetos de inovação na área de irrigação na região das Missões. A proposta é apresentar alternativas, especialmente nos períodos onde há falta de chuva, que tem como consequência prejuízos na atividade agropecuária. Neste contexto, a Emater/RS-Ascar está engajada também no desenvolvimento de projetos de irrigação, vinculados ao programa de Inovação na Irrigação das Missões, proposto pela a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), campus de Santo Ângelo.

Mais de R$ 1 milhão serão injetados pela Secretaria Estadual da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico para a instalação dos sistemas. aspersão convencional, autopropelido, micro aspersão e gotejamento que deverão ser instalados em pastagens, olerícolas, frutíferas, lavouras de alfafa, milho e campo nativo. A Emater/RS-Ascar será a responsável pela elaboração dos 66 projetos que serão implantados inicialmente em 25 municípios.

Participam do processo de implantação da proposta o Polo de Modernização Tecnológica das Missões e instituições de Ensino Superior, entre elas, URI – Campus Santo Ângelo; Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), campus de Cerro Largo; Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), campus de São Luiz Gonzaga; além das Escolas Técnicas Cruzeiro do Sul de São Luiz Gonzaga, Guaramano de Guarani das Missões e Aquilino de Santis de Santo Antônio das Missões.

Segundo o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, na área de irrigação, engenheiro agrônomo Marco André Junges, serão beneficiados agricultores, cujas propriedades têm disponibilidade de água para irrigação, com condições de outorga; que assumam o compromisso de manutenção dos equipamentos recebidos em comodato, assim como mantê-los por no mínimo dois anos em funcionamento; e que sejam assistidos pela assistência técnica e extensão rural. O agricultor receberá os equipamentos em comodato de dois anos. Ao final deste período deverá retornar, para a URI, 15% do valor total do projeto.

Da mesma forma, a URI e as escolas técnicas serão beneficiadas com os quatro tipos de irrigação que serão utilizados na educação de seus estudantes e, também, para a produção de alimentos destinados aos restaurantes escolares.

A partir da instalação dos sistemas de irrigação e do acompanhamento de seus resultados, pretende-se, ainda, fomentar estudos relativos às culturas beneficiadas, dentro do Polo de Modernização Tecnológica das Missões.


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados