logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Professoras Anelise Nascimento, Maria Luiza do Amaral e Denise Bressan Werle recebem o Diploma Paulo Freire

Compartilhe!

Na tarde de segunda-feira (30), a Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga realizou Sessão Solene para a entrega do Diploma Paulo Freire 2023, láurea instituída pela Resolução nº 598 de 4 de outubro de 2005, de autoria da ex-vereadora Eni Malgarim, que homenageia os profissionais da Educação que tiveram atuação destacada no segmento em São Luiz Gonzaga.

As homenageadas neste ano de 2023 foram as professoras Anelise Nascimento Teixeira (indicada pelo Sindicato dos Professores da Rede Privada – Simpro), Denise Bressan Werle (indicada pelo 33º Núcleo do Cpers Sindicato) e Maria Luiz Goi do Amaral (indicada pelo Sindicato dos Municipários).

PERFIS DAS HOMENAGEADAS

Anelise Teixeira – Professora Anelise Nascimento Teixeira, nascida em 1º de outubro de 1982, natural de São Luiz Gonzaga, é filha de Vorlei Teixeira (in memoriam) e Ana Maria Nascimento Teixeira, esposa de Guilherme Ourique de Morais e mãe dos gêmeos Arthur e Henrique Nascimento de Morais.

Anelise cursou magistério no INSA, é formada em Pedagogia e pós-graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional, ambas, pela URI-SLG.

Atua na área da educação há 20 anos e na escola básica da URI desde 2007.

Participou da construção do documento norteador para a educação infantil do território de São Luiz Gonzaga como formadora. Atuou também como docente do curso de Pedagogia EAD da URI-SLG. Anelise é atualmente vice-diretora da escola básica da URI, coordenadora dos anos finais, professora do programa pleno, sistema de educação socioemocional nas turmas do 6º ano e professora da educação infantil, na turma do Pré II, sua grande paixão.

Maria Luiza do Amaral – A professora Maria Luiza Goi do Amaral, filha de Silvina Becker Goi e de Antonio Goi, é natural de São Luiz Gonzaga, casada com Nivaldo Moraes do Amaral. Dessa união nasceram os filhos Luciana, Cristina e Henrique, além de ter seis netos.

Cursou magistério em 1970 e, logo após, em 1972, iniciou o trabalho como professora no jardim de infância Bem-Me-Quer até 1978. De 1979 até 2009 foi proprietária e professora do jardim Pingo de Gente.

Maria Luiza cursou pedagogia na URI São Luiz Gonzaga no período de 2001 a 2005. É pós-graduada em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas – FACISA. Ingressou na Prefeitura Municipal em 2006, na escola municipal Ernestina Amaral Langsch.

Em 2009 iniciou na escola municipal de educação infantil Ana Paulina Pinheiro, onde atua até hoje.

Sua atuação profissional foi sempre voltada à educação infantil, a qual possui um vasto conhecimento e desempenha com êxito sua função.

Denise Bressan Werle – A professora Denise Bressan Werle é são-luizense, filha de Olinto Bressan e Telma Nascimento Bressan. Casada com José Auri Werle, possui três filhos: Laurence, casado com Jaqueline, e pais do Pedro de 2 anos; Stefanie, casada com Gabriel, pais de Clara, 4 anos, e Miguel, 4 meses; e Rafaela.

Denise possui graduação em Pedagogia e é pós-graduada em Educação pela FUNDAMES – Fundação Missioneira do Ensino Superior/Faculdades Integradas de Santo Ângelo.

Em agosto de 1978 iniciou suas atividades profissionais na Escola Maria Mazzarello, como professora alfabetizadora, logo após concluir seu estágio do Curso Normal nessa escola.

Na Rede Estadual de Ensino iniciou em 1980, quando da inauguração da 32ª Delegacia de Ensino, foi convidada pela primeira Delegada de Educação, profª Lourdes Krieger Lobato, para exercer a função de professora alfabetizadora no então “Grupo Escolar da Cidade” – hoje “Instituto Estadual Rui Barbosa”. Permaneceu como alfabetizadora por 12 anos, quando passou a atuar na coordenação pedagógica. Em 1995 um novo desafio: a indicação para Diretora, com o advento da Lei da Gestão Democrática.

Em 1996 houve a primeira eleição para diretores no Rio Grande do Sul, quando foi eleita pela comunidade escolar do Instituto Estadual Rui Barbosa para a gestão 1996/1997 e após 1997/1999. Exerceu de 1999 a 2003 o cargo de vice-diretora. Em 2003, é eleita novamente diretora.

De janeiro de 2005 a setembro de 2007 atuou como Secretária Municipal de Educação e Cultura de São Luiz Gonzaga.

Em 2008, atuou no Setor Pedagógico da 32ª CRE como Coordenadora do Programa Alfa e Beto e Tutora Regional do PROGESTÃO – Programa de Capacitação para Gestores Escolares.

Em 2009 retornou ao Instituto Estadual Rui Barbosa atuando como Coordenadora Pedagógica e a partir de 2010, como diretora eleita por mais duas gestões: 2010/2012 e 2012/2014.

Em abril de 2018 assumiu como gestora no NEEJA – Núcleo de Educação de Jovens e Adultos e Cultura Popular Paulo Freire onde, com mais de 40 anos dedicados ao Magistério do Estado do Rio Grande do Sul, encerrou suas atividades profissionais.

Denise atuou como coordenadora dos eventos integrantes da Expo São Luiz em 2009, 2011 e 2013, e como Coordenadora do Manancial Cultural da feira nas edições 2015, 2017 e 2019.

Também integrou a Diretoria do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMDICA, foi presidente e vice-presidente do segmento de Secretários Municipais de Educação da Associação dos Municípios das Missões (AMM), integrou a Comissão Própria de Avaliação da URI e o Conselho Regional Consultivo do Campus Regional IV da UERGS – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul como representante do COREDE Missões.

Em 2007, Denise recebeu da Câmara de Vereadores a láurea Mulher de Vanguarda, numa indicação do CONDEMULHER.

Fonte: Emerson Scheis | Assessor de imprensa da Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.