Preso homem que descumpriu medidas protetivas de urgência em Pirapó

Compartilhe!

Captura se deu em ação conjunta com policiais civis de Porto Alegre, por intermédio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Pirapó e Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Porto Alegre, capturaram um homem de 67 anos pelos crimes de perseguição e descumprimento de medidas protetivas de urgência. Os fatos se deram na cidade de Pirapó.

Após a vítima procurar a Polícia Civil, houve a reunião de provas que apontaram que o agressor descumpriu determinação judicial que o impedia de se aproximar e manter contato com a vítima, o que redundou na representação pela prisão preventiva do agressor, o que se efetivou hoje (8), na cidade de Porto Alegre, por agentes da Deam.

A investigação apontou que o agressor realizava ameaças de morte à ex-mulher e ao seu atual companheiro, os quais residem em Pirapó. O investigado, inclusive, deslocou de Porto Alegre até o interior e teria dito a pessoas próximas à vítima que iria matá-la.

Diante da gravidade dos fatos, a prisão preventiva foi decretada pela justiça após a representação da Polícia Civil.
Os trabalhos de investigação foram coordenados pelos delegados Anderson Pettenon, o qual responde pela delegacia de Pirapó, bem como pela delegada Alice Fernandes, autoridade policial adjunta da Deam de Porto Alegre.

Após ser interrogado, o homem foi encaminhado ao sistema prisional, em Porto Alegre. O inquérito policial deve ser remetido à justiça no prazo legal de dez dias.

Fonte: Comunicação da 27ª DPRI