Presidente da Fecoagro destaca crescimento de cooperativas gaúchas e aquecimento do mercado de proteína - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
21 de novembro de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Presidente da Fecoagro destaca crescimento de cooperativas gaúchas e aquecimento do mercado de proteína

Com alta demanda do exterior, comércio de carne está aquecido. Foto: Anutec Brasil
21 de novembro de 2019 l 16:29
Materia atualizada: 22/11/2019 l 12:32




Compartilhe!

Participante de encontro de cooperativas na cidade de Buenos Aires, capital da Argentina, o presidente da Fecoagro Paulo Pires foi entrevistado no programa Jornal da Manhã desta quinta-feira. Ele falou acerca do encontro e das perspectivas para o agronegócio nesta reta final de ano e início de 2020.

Com 41 participantes, representantes de 29 cooperativas, o encontro em solo argentino debateu a adaptação às novas tecnologias, envolvendo os mais diversos processos tecnológicos que estão hoje à disposição no mercado. Como em 2018 as cooperativas agropecuárias gaúchas cresceram 25% enquanto o País não cresceu 1%, percebe-se que, agindo com inteligência, podem-se obter resultados cada vez melhores, ressaltou o entrevistado.

Agora, segundo Paulo, é o momento de se executar o que foi planejado. Falando sobre as culturas já plantadas no Estado e as que estão em andamento, ele destacou e o bom momento para os produtores de carne, que ganharam uma grande oportunidade com revés na produção chinesa, impactada por uma forte peste suína. Isso reflete na oferta de milho, que agora se encontra em escassez, e ajuda a “segurar” o preço do trigo, pois, se o mesmo ficar muito baixo, será comprado como ração.

Paulo Pires também exaltou a qualidade do trigo da região Noroeste do Estado e que isso deve ser colocado na balança na hora da comercialização. O entrevistado também disse que o momento é propício para projetos industriais intercooperativos, com o propósito de gerar resultados. Existe uma tendência mundial de se diminuir o consumo de açúcar e farinha e valorizar as proteínas e vegetais e esse pode ser um caminho a ser seguido.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados