Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Presidente da Feacogro estima crescimento de 20% nas cooperativas gaúchas

Compartilhe!

A Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul estima um crescimento do setor em até 30% neste ano. Os dados são otimistas para classe, que comemora o fortalecimento do cooperativismo a cada ano. Na região, a Coopatrigo, Cermissões e Sicredi seguem firmes nas comunidades e com bons números.

O presidente da Fecoagro, são-luizense Paulo Pires, foi entrevistado no programa Jornal da Manhã de hoje e falou sobre esse crescimento. Ele ressaltou que os números são excepcionais. Conforme Pires, hoje o estado possui 12 cooperativas com faturamento acima de um bilhão, entre elas a Coopatrigo. Em 2013, eram apenas duas cooperativas gaúchas na casa dos bilhões. Para o presidente, a trajetória é motivo de orgulho para todos. Paulo citou que a região está bem representada nesse sentido.

Mesmo com bons resultados, ele vê espaço para crescimento. O faturamento deste ano será em torno de R$ 60 bilhões, enquanto no Paraná o valor é de R$ 83 bilhões. Segundo Pires, o Rio Grande do Sul é o berço do cooperativismo, mas hoje as cooperativas mais avançadas são paranaenses.

Em relação ao apoio do poder público, citou que existe uma reivindicação do governo em introduzir o valor agregado no trabalho das cooperativas. É o que ocorre no setor leiteiro, por exemplo. Atualmente 45% do leite consumido no Rio Grande do Sul é do cooperativismo. Mas Pires alertou que a filosofia das cooperativas não é a mesma das empresas privadas, já que as ações passam pelo quadro social, que são os donos.

Sobre a perspectiva do novo governo estadual, o presidente disse que as dificuldades serão grandes, mas que está otimista. O mesmo vale para o presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro. Para o são-luizense, se trata de um novo rumo ao Brasil, que prestigia o empreendedor a geração de empregos para o desenvolvimento econômico e social.

Fonte: Rádio Missioneira