Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Presidente da APARP apresenta ao Legislativo os projetos em execução no município

Compartilhe!

Na manhã desta terça-feira, 11, o presidente da Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga, vereador João Iuri, recebeu a visita do presidente da Associação de Proteção Ambiental Amigos do Rio Piratini (APARP), Luiz Henrique Torres Weber. Na oportunidade, o presidente da entidade discorreu ao presidente do Legislativo são-luizense acerca do projeto “São Luiz Gonzaga + Consciente”, o qual compreende diversas ações no município desenvolvidas pela APARP:

1 – Viveiro Horto-Florestal e área experimental da APARP: Foco em produção não comercial de mudas nativas, frutíferas, melíferas, hortaliças e medicinais e suculentas para fomentar os projetos desenvolvidos pela APARP,  sendo também área experimental para variados métodos agroecológicos exemplares;

2 – Projeto Escola Saudável: Projeto que tem o objetivo de ministrar palestras em escolas municipais de 4º a 9º ano sobre o potencial de alimentação saudável, bem estar, e sobre a conservação de solo e água, bem como instruções  sobre plantio, doação de mudas e feitio de mini hortas, acompanhando os alunos no plantio e também na instrução sobre seletividade do lixo e chás de ervas medicinais regionais;

3 – Projeto Comunidade Saudável: Projeto no formato de informatização, juntamente no programa “Natureza em Destaque” na Rádio 98.7FM com os mesmos temas do projeto Escola Saudável, porém, focado para a comunidade em si e seu respectivo potencial, como também para produtores de agricultura familiar rural ou da agricultura urbana. O projeto é desenvolvido também nas redes sociais, como Facebook e Instagram (@aparpslg98);

4 – Projeto Assistência Técnica Urbana e Rural: Focado em auxiliar famílias carentes a produzir com agricultura de base agroecológica, com a doação de mudas de variadas espécies. É realizado o acompanhamento e a orientação no plantio das mesmas, tendo em vista o potencial da informação para disseminar o conhecimento existente no projeto Comunidade Saudável;

5 – Projeto Hortas Comunitárias: Projeto que tem como foco ajudar as comunidades ou entidades que possuem o potencial de manter uma horta comunitária ao nível de agrofloresta, o qual necessita da união entre as pessoas. Segundo o presidente da APARP, “tendo em vista o projeto assistência técnica urbana, sempre estaremos junto com esse pessoal, que também participará das hortas comunitárias, mantendo cadastro para as mesmas para o controle do local e produção em si, e acompanharemos o passo a passo com os moradores”;

6 – Projeto Água Limpa: “A APARP já vem fazendo um ótimo trabalho com o recolhimento de embalagens de agrotóxicos e lixos eletrônicos, auxiliando nossa comunidade a manter uma melhor qualidade da água, executar a implantação de métodos de proteção de nascentes, como cimento/solo , e também o plantio de espécies nativas para recuperação de áreas degradadas em nascentes e rios  de nossa cidade e região, nas quais já se tem o acompanhamento da APARP”, salientou Weber. Segundo ele, “o projeto serve também para sinalizar as localidades de nascentes na cidade que possuem uma grande importância para nossa cidade e região, bem como também auxiliar na remoção de lixo e executar projetos de contenção de lixos sólidos em rios e córregos dentro da cidade, sinalizando e tentando manter as medidas cabíveis com os moradores para o desenvolvimento melhor e consciente da comunidade em si”;

7 – Projeto Agroflorestas Medicinais, Aromáticas e Melíferas: Conforme Weber, “visando terrenos ociosos e sem planos de projetos nos mesmos, usaremos o plantio de agroflorestas aromáticas também como repelentes naturais para ajudar no combate à dengue e demais doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. Também estaremos auxiliando as abelhas no processo de produção e de conservação das espécies nativas, e auxiliando a fauna e flora local nativa ao desenvolvimento e conservação, desde insetos, pássaros e demais animais, assim como conservando microrganismos  para o desenvolvimento do solo”, explicou.

8 – Projeto Lixo Consciente: Projeto já executado em todos os modelos anteriores, também visa o ensino do uso consciente do lixo e sua seletividade, trabalhando o conteúdo de compostagem e minhocário em alguns modelos anteriores.

9 – Projeto S.O.S Abelhas: O objetivo desse projeto é plantar espécies de plantas melíferas nos locais onde possuem colônias de melíponas nativas, praças e locais ociosos , auxiliando na alimentação da espécie e na menor migração para adquirir o alimento e produção, reduzindo o potencial de morte das colônias com esse processo.

Conforme o presidente da APARP informou ao presidente do Legislativo Municipal, todos os projetos estão em execução no município atualmente. Nesse objetivo, o presidente João Iuri destacou que a Câmara será parceira na execução e desenvolvimento de projetos que venham a contribuir com o meio ambiente e pela qualidade de vida da comunidade local.

Fonte: Emerson Scheis | Assessor de imprensa da Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga