Prefeitura e Charrua Tur discutem situação do transporte coletivo em São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

De acordo com a empresa, diminuição no número de passageiros foi um dos motivos da interrupção do serviço 

A situação do transporte público em São Luiz Gonzaga foi pauta de reunião na manhã de terça-feira (2). Na ocasião, o prefeito Sidney Brondani e o vice-prefeito Piti Werle, estiveram reunidos com os representantes da Charrua Tur, Luiz Carlos Noro e Olina Iracema Balbé Corrêa, empresa que presta o serviço no município desde 2016. O serviço está suspenso desde segunda-feira (1º).

A reunião também contou com a participação da secretária da Administração, Elisabete Marian; do assessor jurídico Alex Nunes; da coordenadora da Divisão de Trânsito, Dorema Griebeler e do chefe do setor de apoio técnico-administrativo, André Belchor de Matos.

Na ocasião, os sócios da Charrua Tur apresentaram informações sobre a situação do serviço. De acordo com os representantes, o transporte público vem sofrendo uma diminuição gradual no número de usurário no decorrer dos anos, a qual foi agravada devido a pandemia da COVID-19. Segundo a empresa, em fevereiro de 2021, a Charrua Tur registrou o menor número de passageiros: 1.765 usuários durante o mês. A pandemia também prejudicou outros ramos de atuação da empresa – no turismo e transporte escolar – os quais auxiliavam na manutenção das despesas gerais. De acordo com Luiz Carlos e Olinda, a empresa enfrenta dificuldades com as despesas fixas, como manutenção e salários, além do aumento no valor do diesel.

O prefeito Sidney Brondani afirmou compreender a difícil situação enfrentada pela Charrua Tur. A Administração Municipal apresentou uma proposta de subsídios para a empresa, dentro das possibilidades financeiras e legais. Porém, com o baixo número de usuários, o valor apresentado seria insuficiente.  “Estamos em uma situação muito complicada e que não é exclusiva do nosso município. Muitas cidades têm enfrentado problemas para manter o transporte público coletivo. Porém, o serviço precisa ser ofertado à população”, destacou Brondani.

A empresa Charrua Tur informou que irá solicitar a suspensão do contrato. O pedido será analisado pela Administração Municipal, uma vez que o contrato em vigência possui cláusulas para o encerramento antecipado das atividades.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga