Prefeitura, Câmara de Vereadores e COIS irão destinar R$ 388 mil ao Hospital São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

Valor foi definido pela administração do HSLG para a manutenção do atendimento de pacientes com covid-19 pelos próximos três meses  

 O Executivo Municipal realizou uma mobilização para ampliar o repasse de recursos, a fim de auxiliar o Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG) no pior momento da pandemia da covid-19.

Atualmente, o HSLG está em estado de emergência. Conforme o comunicado enviado pela interventora do hospital, Iria Diedrich, a casa de saúde enfrenta a escassez de produtos essenciais (como oxigênio e medicamentos, os quais estão em falta nos fornecedores), a ocupação máxima dos leitos destinados ao tratamento da covid-19, a falta de leitos de UTI no Estado para a transferência de pacientes e a falta de repasses estaduais e federais para auxiliar a instituição.

Para que o hospital possa manter o atendimento aos pacientes com covid-19 sem prejudicar outras áreas, a instituição estima o valor de R$ 388 mil – sendo R$ 51 mil para a compra de cilindros de oxigênio – para os próximos três meses (caso a situação atual se estabilize). O recurso seria utilizado para a aquisição de EPIs, cilindros de oxigênio, medicamentos e materiais de intubação alto fluxo.

OXIGÊNIO   

Após o comunicado, na tarde de quarta-feira (3), o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, contatou os representantes dos municípios que integram o Consórcio Intermunicipal de Saúde (COIS). A entidade é formada por São Luiz Gonzaga, São Nicolau, Roque Gonzales, Santo Antônio das Missões, Pirapó, Rolador, Bossoroca e Dezesseis de Novembro, e destina mensalmente recursos para a manutenção do plantão do HSLG e exames complementares.

Durante a reunião, foi definido o repasse de mais valores a instituição. Como o hospital é referência no atendimento de pacientes com covid-19 na região, o COIS irá destinar os R$ 51 mil para a aquisição de cilindros de oxigênio para atender os pacientes.

CONSENSO  

O chefe do Executivo – acompanhado do secretário da Fazenda, Pedro Heck – também esteve reunido com os edis da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga. O encontro, ocorrido na quinta-feira (4), buscava o apoio do Legislativo Municipal para a destinação do valor apontado como necessário pelo HSLG. “Não temos para quem pedir ajuda, só para nós mesmos. A prefeitura irá repassar mais valores ao hospital e estou aqui para relatar a situação e pedir o auxílio da Câmara de Vereadores” afirmou Brondani.

Durante a reunião, o chefe do Executivo relatou que em conversa com a administradora Iria Diedrich, ela informou que durante o ano de 2020 o HSLG recebeu recursos para o enfrentamento da covid-19. Em 2021, não existem repasses específicos para essa finalidade. “Não estamos aqui para discutir quem errou ou acertou, se a culpa é do Governo Federal, Governo Estadual ou de quem quer que seja. Essas discussões nos separam. O consenso é o que vai ajudar, precisamos nos unir com urgência e buscar soluções. O município tem enviado recursos diretamente ao hospital e também via COIS, mas precisamos de mais”, destacou Brondani.

Após a reunião com o Executivo, os vereadores são-luizenses definiram pela destinação de R$ 100 mil ao Hospital São Luiz Gonzaga (sendo uma parcela de R$ 50 mil e mais dois repasses de R$ 25 mil). Os vereadores também irão contatar as Câmaras de outros municípios que são atendidos pelo hospital a fim de obter mais auxílio financeiro.

 

REPASSES  

Os R$ 51 mil que serão destinados pelo COIS e os R$ 100 mil que serão repassados pela Câmara de Vereadores totalizam R$ 151 mil. A Prefeitura de São Luiz Gonzaga irá completar o valor de R$ 388 mil para o HSLG, destinando mais R$ 237 mil oriundos de recursos do município.

Fonte: Larissa Dorneles / AI da Prefeitura de São Luiz Gonzaga  

Reunião ocorreu na Câmara de Vereadores, na quinta-feira