Prefeito de Gravataí aciona Estado na justiça por processo que culminou na desistência de investimento do Mercado Livre em seu município - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
27 de julho de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Prefeito de Gravataí aciona Estado na justiça por processo que culminou na desistência de investimento do Mercado Livre em seu município

Foto: divulgação internet
27 de julho de 2020 l 14:32
Materia atualizada: 27/07/2020 l 16:40




Compartilhe!

Na semana que se passou a Prefeitura de Gravataí ingressou na Justiça com ação autônoma de produção antecipada de provas contra o Estado do Rio Grande do Sul. Em entrevista no programa Jornal da Manhã desta segunda-feira (27), o prefeito de Gravataí, Marco Alba, explicou os motivos desta iniciativa, que envolve a não aceitação, pelo governo do Estado, de instalação de empreendimento do Mercado Livre em seu município.

Conforme Alba, solicita-se cópias do processo administrativo que, nas próprias palavras do prefeito, acabou por “arrancar” o Mercado Livre de Gravataí, mesmo com alvará, imóvel e trabalhadores já contratados. Com isso, o Prefeito quer detalhes dos pedidos de incentivos fiscais que teriam sido requeridos pelo Mercado Livre ao Estado para viabilizar sua instalação.

Notícia da chegada de um investimento em plataforma de E-Commerce do Grupo Iguatemi em Porto Alegre, em moldes muito semelhantes ao que o Mercado Livre pretendia fazer em Gravataí, fez com que Alba reforçasse suas dúvidas sobre a postura do Governador no caso anteriormente citado. Pesa ainda mais nessa questão a relação próxima da família Jereissati (vinculada ao Grupo Iguatemi) com o Governador e seu partido.

Para o Prefeito, fica evidente uma manobra de favorecimento ao Grupo Iguatemi, em contraste com a rejeição do investimento do Mercado Livre em Gratavaí, que chegou antes, mas foi impedida pelo Governador de trabalhar com sua plataforma no RS.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados