Prédio da Pousada Pedro Ortaça chama atenção de quem passa na BR 285

Quem passa pela BR 285, próximo ao trevo de acesso à São Luiz Gonzaga, se depara com uma construção grandiosa, que chama atenção de longe. Se parece com as ruínas de São Miguel das Missões com um toque moderno.

É o Hotel e Pousada de Pedro Ortaça, que está em fase de construção. Com projeto e execução do arquiteto Plínio Ivar da Rosa, a obra iniciou no final de 2011. A pousada é inspirada nas ruínas de São Miguel.

A obra não é financiada por nenhuma instituição bancária, sendo custeada com recursos próprios da família Ortaça. ‘’É uma obra dos meus filhos, Alberto, Gabriel e Marianita, que desde os 10 anos saem Brasil a fora levar a nossa música, por investimos aqui em nossa terra’’, afirmou Pedro.

Para o artista, a pousada será uma maneira de manter viva a cultura das Missões. ’’Sempre quis fazer algo que unisse a arte a música missioneira, que defendemos no Brasil há tantos anos, junto com Noel Guarany, Cenair Maicá e Jayme Caetano Braun’’, disse.

A pousada irá fomentar o potencial turístico da região, por estar localizada em um ponto estratégico. ‘’Vamos divulgas toda a região, o que trará retorno para as lojas, restaurantes e o comércio da cidade’’, destacou.

Apesar de ainda não estar concluída, o local já atrai visitantes que passam pela BR 285. São brasileiros, argentinos e pessoas de outras nacionalidade que param na pousada para tirar fotos e conhecer o prédio. O pôr do sol do alto da pousada é registrado com belas imagens fotográficas.

Conforme o arquiteto Plínio, o prédio possui 2.500 m² e três andares. A pousada terá 36 suítes, sendo três suítes presidenciais. As paredes de todo o prédio já foram concluídos. O próximo passo será a colocação do telhado. A previsão é que a obra seja concluída em um ano. Mais do que um lugar para visita, será um ponto importante para a cultura Missioneira.