Possível votação da Reforma da Previdência neste ano preocupa agricultores familiares

Compartilhe!

Agricultores familiares estão preocupados com uma possível votação da Reforma da Previdência ainda neste ano. O assunto foi um dos discutidos em reunião da Regional Missões II, que ocorreu nesta semana em Pirapó.

A entidade sindical teme que a reforma proposta pelo presidente Michel Temer seja votada e aprovada nas próximas semanas, antes da posse do presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro.

Para o presidente da regional, Agnaldo Barcelos, é um risco eminente, já que a maioria da população escolheu Bolsonaro. “Sabíamos que isso ia ocorrer, mas como foi eleito, temos que enfrentar esse cenário”, relatou.  Ele acredita que existem grandes chances de a votação ocorrer. “O Michel Temer não tem nada a perder. Na minha visão vão tentar aprovar essa medida impopular no mandato dele”, avaliou.

Barcelos defende que Bolsonaro apresente seu projeto de reforma após tomar posse.  Além da previdência, outros temas relacionados à classe trabalhadora preocupam. “Tememos a retirada de direitos e o fim de ministérios, como o do trabalho”, informou. Na reunião, o grupo garantiu que haverá enfrentamento.