Polícia investiga caso de homem que teria esquartejado cachorro em São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

Delegacia investiga as circunstâncias do fato e já visitou o local. Ajuda da comunidade é fundamental, afirma delegado

A Polícia Civil de São Luiz Gonzaga está investigando a ocorrência de um possível crime de crueldade contra animais na cidade. Um homem, morador do Bairro Boa Esperança, teria matado, esquartejado e enterrado no pátio de sua casa um cachorro.

Em entrevista à Rádio Missioneira, o delegado responsável pelo caso, Heleno dos Santos, confirmou que no sábado (22) a Delegacia de Polícia recebeu a informação e a partir do momento, iniciou averiguações no local. O homem, de idade não revelada, foi identificado pela polícia. Em inspeção no local, constatou-se que o animal havia sido enterrado. Registros fotográficos foram realizados pelas forças de segurança e uma prova pericial deverá ser feita para comprovar as circunstâncias do fato e o motivo da morte do cão.

A Policia Civil irá instaurar um inquérito que ficará em tramitação na Delegacia de Polícia local. Todas as circunstâncias serão investigadas. A pena para a prática de crimes contra animais, especificamente cães e gatos, é de dois a cinco anos de reclusão.

Segundo o delegado, o mais curioso é que nenhum morador da comunidade aceitou contribuir com as investigações até o momento.

“Agora que o fato ganhou repercussão, esperamos que mais pessoas queiram contribuir”, salienta Heleno.

O objetivo, segundo o delegado, é descobrir se o fato praticado pelo homem é isolado ou é algo que já ocorreu em outros momentos.

“Apenas publicações em redes sociais não bastam. As pessoas precisam denunciar”, considera Heleno dos Santos.

Rádio Missioneira