logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Pirapó completa 34 anos de emancipação político-administrativa

Compartilhe!

Antigo distrito de São Luiz Gonzaga desmembrou-se em 30 de novembro de 1987

Nesta terça-feira (30), o município de Pirapó completa 34 anos de emancipação político-administrativa e 118 anos de colonização. Ao longo do mês, a Prefeitura Municipal preparou uma programação especial para celebrar a data. Os eventos foram encerrados no último domingo (28), com amplas atividades na Praça Pedro José Kochhann.

Atualmente, Pirapó possui, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, aproximadamente 2.300 habitantes. Administra o município o prefeito Auri Kochhann, ao lado de seu vice Carlos Andres (Magrão).

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9, o prefeito Auri destacou que uma das marcas registradas do município é a hospitalidade. O chefe do Executivo lembrou dos momentos difíceis que Pirapó passou no decorrer desta pandemia, mas que conseguiu dar a volta por cima.

Auri também lembrou de todas as administrações que governaram Pirapó ao longo destes 34 anos e salientou que todos deixaram a marca no desenvolvimento local.

HISTÓRIA

O atual território do município de Pirapó era habitado originalmente por índios caigangues e guaranis. Mas foi no início do século XX, a partir de 1903, que foi fundada no local uma colonização alemã, com a chegada de Ernesto Henrique Guilherme Wilhelm Sommer e familiares. Naquela época, o território pertencia ao município de São Luiz Gonzaga.

Colonização germâmica é uma marca do município | Foto: Prefeitura Municipal

Mais moradores chegaram em maio de 1904, da região do Vale do Rio dos Sinos e deram início a um povoamento denominado Colônia Sommer. Mais tarde, o lugarejo se chamaria Colônia Pirapó, Vila Pirapó e por último, Pirapó.

A população pirapoense iniciou uma campanha pela emancipação em 1981, mas a criação do município ocorreu somente em 30 de novembro de 1987. Na língua tupi-guarani, Pirapó significa peixe. A utilização de seu nome como denominação da localidade se deu, provavelmente, pela proximidade com o Salto do Pirapó, no Rio Ijuí, local onde os peixes saltavam magistralmente as cachoeiras.

Rádio Missioneira

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.