Pedro Westphalen propõe que setor privado também possa adquirir vacinas contra a covid-19

Compartilhe!

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9 nesta segunda-feira (22) o deputado federal Pedro Westphalen (Progressistas/RS) comentou sobre o parecer de sua autoria que visa flexibilizar as regras para o uso emergencial de vacinas contra a covid-19 e amplia a lista de imunizantes a ser adquirida pelo Governo Federal.

Segundo o deputado, a Medida Provisória 1.026/2021 propõe ampliar a participação da iniciativa privada na aquisição de vacinas. “Estamos vivendo um momento sem precedentes, por isso a importância de aumentar a disponibilidade de imunizantes para a sociedade”, destacou Pedro. Westphalen propõe que o setor privado deve cumprir as diretrizes estabelecidas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI), como a ordem de grupos prioritários, e informar ao governo sobre as doses administradas.

O presidente Jair Bolsonaro já disse ser favorável à compra de doses pela iniciativa privada, desde que parte seja repassada ao SUS. O Ministério da Saúde afirma que, mesmo no setor privado, é preciso seguir orientações do PNI. De forma geral, as grandes farmacêuticas têm dado prioridade a negociações com os governos e não com grupos específicos. A expectativa é de que a MP de Westphalen seja votada em breve.

“A única solução para o fim da pandemia é a vacinação. Mais de 2 milhões de pessoas morreram no mundo e só no Brasil perdemos 246 mil vidas, por isso, precisamos ampliar urgentemente a imunização”, alegou Pedro Westphalen.

Rádio Missioneira