Pecuaristas de São Luiz Gonzaga e região participaram do Encontro DSM/Coopatrigo sobre pecuária de cria - Rádio MissioneiraRádio Missioneira
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
14 de novembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Pecuaristas de São Luiz Gonzaga e região participaram do Encontro DSM/Coopatrigo sobre pecuária de cria

Fotos: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
14 de novembro de 2018 l 10:12
Materia atualizada: 14/11/2018 l 11:32

DSM é uma das marcas da empresa Tortuga





Compartilhe!

O roteiro de reuniões DSM para Pecuária de Cria chegou a São Luiz Gonzaga ontem (13), por meio de parceria com a Coopatrigo. Mais de 150 pecuaristas da cidade e região participaram do evento, que teve palestras sobre manejo da pecuária de cria, com orientações de como aumentar a lucratividade no negócio.

O evento, idealizado pela Tortuga, da qual a DSM pertence, é realizado em várias cidades brasileiras. Segundo Douglas Griebler, supervisor regional da empresa, a proposta é abordar temas relevantes aos pecuaristas em cerca de duas horas. “São palestras sucintas com debate técnico que podem fazer a diferença dentro de uma propriedade”, destacou o gerente.

O médico veterinário Eduardo Tortuga, gerente técnico da região Sul, apresentou o Projeto 200, com orientações importantes de como maximizar a renda líquida por ano em até 500 por animal. “Tem que tornar o gado de cria uma prioridade”, explicou. O objetivo é desmamar 200 quilos de vacas ao ano. “A média do Rio Grande é 85 quilos desmamados por vaca, o que é muito pouco”, explicou. “O ponto de equilíbrio é chegar em 140 quilos. Esse é o primeiro passo”, ressaltou.

Ouça a entrevista do profissional e conheça mais sobre o projeto

Para chegar a esse estado, Madruga apresentou cinco pontos fundamentais: ter um projeto com objetivo definido, planejamento, monitoramento e execução; ajuste de lotação; planejamento forrageiro; programa básico de suplementação mineral e um programa sanitário de controle de carrapatos e verminoses.

Conforme o médico, mesmo em regiões de lavouras, como é caso de São Luiz Gonzaga, é possível conseguir bons resultado. “Tem que ter planejamento e ferramentas tecnológicas que aumentem a produtividade”, argumentou.

Fonte: Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados