Paulo Pires é reeleito para mais um mandato como presidente da Fecoagro

Compartilhe!

O são-luizense Paulo Cezar Vieira Pires ficará mais três anos no comando da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul, a Fecoagro. Sua reeleição foi oficializada em assembleia realizada ontem (22), contando com a participação de 28 representantes de cooperativas associadas.

Em entrevista no programa Jornal da Manhã desta quarta, 23, Paulo falou sobre essa decisão, anunciada de forma unânime pelas cooperativas lá representadas na ocasião. Isso dá força e respaldo ao seu trabalho, em um momento onde as lideranças precisam estar unidas em defesa de sua categoria. Exemplo disso é o debate em torno dos projetos de reformas, administrativa e tributária, em nível estadual e federal, das quais as entidades são a favor, mas desde que sejam feitas de forma justa.

Tomando como exemplo o projeto de lei da reforma tributária do Estado do Rio Grande do Sul, Pires disse que as entidades colocaram de forma muito clara e respeitosa seus posicionamentos contrários ao PL e felizmente o governo entendeu e o projeto não foi votado ainda. No entanto, na instância federal, tramitam duas PECs consideradas pelo entrevistado muito nocivas para o setor primário.

Observando as movimentações do mercado agrícola, ele acredita que os produtores, hoje, possuem boas perspectivas de garantir sua rentabilidade, não só na cultura do trigo, que já se encontra mais adiantada neste quesito, como também na soja e no milho. Apesar do bom momento dos preços, a produtividade, tanto na soja e milho como no trigo, ainda não acompanhou esse momento em termos de produtividade, ficando estas safras muito aquém do seu real potencial, devido à estiagem, em um primeiro momento, e a geada, mais recentemente.

Rádio Missioneira