logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Palestra sobre atos infracionais reúne estudantes em São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

A Rede de Apoio às Escolas (RAE), grupo que se reúne mensalmente para tratar de assuntos relacionados a prevenção da violência no ambiente escolar, entre outros assuntos relativos ao bem-estar dos estudantes, promoveu uma palestra para alunos das turmas de novo ano das redes municipal e estadual de São Luiz Gonzaga. A atividade teve como tema Direitos, Deveres e Atos Infracionais e ocorreu no auditório do Instituto Estadual de Educação Professor Osmar Poppe.

A palestra teve a participação de enfermeiro e advogada do Centro de Atendimento Sócio-Educativo (Case) de Santo Ângelo, bem como de agentes da Polícia Civil que participam do programa Papo de Responsa, que consiste em conversas de policiais civis com estudantes de toda a rede ensino, e do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do município. “Trata-se de um momento de grande importância, que dá oportunidade aos nossos estudantes de esclarecer questões e tirar dúvidas sobre a questão de violência, que extrapola o ambiente escolar, mas interfere diretamente no aprendizado dos nossos alunos”, destacou a secretária municipal de Educação e Esporte, Mariza Klein Ditz, que participou da atividade no Instituto Osmar Poppe.

Segundo ela, “o período da pandemia gerou graves deficiências de aprendizagem e de relacionamento social nos alunos, o que fez do retorno à escola uma situação mais complicada. Houve aumento de irritabilidade e do uso de medicamentos, por exemplo.” A secretária destacou ainda que, “para buscar apoio e soluções temos também parcerias com a Brigada Militar e a Polícia Civil, com ações como o Proerd e o Papo de Responsa.”

Já a professora Cristiane Oliveira afirmou que “nós ainda trabalhamos com a prevenção, não com o combate a casos de violência e abusos, o que é muito positivo. Abordamos também a questão das drogas, pois prevenir é sempre melhor. Hoje não temos nenhum adolescente de São Luiz na Case de Santo Ângelo. Isso é muito significativo e precisa ser mantido e valorizado, por isso encontros com os estudantes como esse de hoje são fundamentais.”

FONTE: RÁDIO MISSIONEIRA

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.