“Obras que estão em andamento são as primeiras que vamos concluir”, garante Secretário de Transportes - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
8 de maio de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

“Obras que estão em andamento são as primeiras que vamos concluir”, garante Secretário de Transportes

Foto: arquivo Rádio Missioneira
8 de maio de 2019 l 14:28
Materia atualizada: 09/05/2019 l 08:45




Compartilhe!

O secretário estadual de Transportes e Logística, Juvir Costella, foi entrevistado no programa Jornal da Manhã desta quarta-feira (8), ocasião onde foi questionado sobre sua impressão da audiência pública realizada na sexta-feira passada (3), durante a Fenamilho em Santo Ângelo. Com participação de muitas lideranças regionais, o encontro debateu a situação das rodovias nas Missões.

Como existe um grande demanda por obras na região, desde asfaltamento completo até recuperação de trechos, o trabalho da pasta, desde o início, tem sido intenso, visando ficar por dentro de tudo o que é necessário para atender a todos. Mesmo com obras já identificadas como prioridade, os entraves financeiros dificultam sua execução.

Sobre o trecho de Dezesseis de Novembro a Pirapó, o Secretário disse que o primeiro passo é fazer a licitação do projeto para posterior captação de recursos. Já sobre a situação do repasse de recursos à empresa Conterra, responsável pelas obras em Rolador, ele disse que aguarda liberação de verba para os próximos dias – As obras que estão em andamento são as primeiras que vamos concluir – garantiu Costella.

A operação tapa buracos na ERS 168 no trecho Santiago/Bossoroca, tão criticada por sua efetividade, também foi abordada pelo Secretário. Admitindo que o serviço na 168 está abaixo do esperado, o Secretário afirmou que existe cronograma a ser cumprido em várias regiões para dar mínimas condições de trafegabilidade às rodovias, ao menos antes do período de inverno.

Pegando carona na aprovação pela Assembleia Legislativa ontem da PEC que retira a necessidade de plebiscito do processo de vendas de estatais, Costella disse que essa medida abrirá caminho para importantes mudanças na forma de o Estado conduzir sua gestão, cortando gastos e repassando algumas atribuições à iniciativa privadas, focando em assuntos como Saúde, Educação e Infraestrutura, beneficiando, logicamente, regiões como a missioneira.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados