Novo presidente da Coopatrigo afirma que investimentos seguirão sendo realizados

Compartilhe!

O novo presidente da Cooperativa Tritícola Regional São-luizense Ltda (Coopatrigo), Paulo Cezar Vieira Pires, concedeu a sua primeira entrevista na liderança da cooperativa à Rádio Missioneira FM 94.9, através do programa Jornal da Manhã nesta sexta-feira (26).

Paulo Pires ressaltou que o retorno à Coopatrigo é um momento de muita felicidade e que a sua administração, ao lado do vice-presidente Luiz Flávio Oliveira e do superintendente Marcos Aurélio Pilecco, será de muito trabalho e comprometimento.

O novo presidente da cooperativa aproveitou a oportunidade para expor os números excepcionais conquistados pelo Rio Grande do Sul nesta safra de soja que já é considera histórica e que terá impacto direto na Coopatrigo. Paulo Pires informa que a área plantada do cultivar no Estado chegará a 6 milhões de hectares e injetará R$ 70 bilhões na economia gaúcha, algo totalmente inédito.

Paulo Pires avalia que desde 2010 a agricultura do Rio Grande do Sul vem se beneficiando com o clima favorável e que as super-safras ajudaram a Coopatrigo a se consolidar e como uma das gigantes do Estado. “Temos, hoje, 3.600 produtores que entregam soja para a cooperativa e esperamos mais uma safra muito produtiva”, considera Pires.

O presidente da Coopatrigo avalia que, infelizmente, a pandemia seguirá impactando a vida de toda a população e que somente uma cooperativa forte pode auxiliar o associado em um momento delicado como este que a humanidade está passando.

Os investimentos e a expansão na região seguem no plano da nova diretoria, afirma Paulo Pires. O plano safra já foi colocado em ação e nesta sexta-feira a administração realizará novas reuniões internas para discutir tratativas importantes da cooperativa.

Rádio Missioneira