Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Nova onda da covid-19 ainda não reflete nas internações do Hospital São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

O médico José Renato Grisólia, um dos diretores do Hospital São Luiz Gonzaga, em entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9 nesta segunda-feira (10), fez uma avaliação do recente aumento dos casos de covid-19 na região e da circulação comunitária da variante Ômicron no Rio Grande do Sul.

Conforme José Renato, a recente “explosão” de novos casos da doença não está resultando em um agravamento fora do normal no número de novas internações na Ala Covid do Hospital São Luiz Gonzaga, o que segundo o médico evidencia a eficácia da vacinação. “Não há outra explicação. As internações não estão aumentando no mesmo patamar dos novos casos em virtude da vacina”, avaliou.

Mesmo assim, o médico ressalta que a nova onda da covid-19 está causando muitas preocupações, principalmente em função do afastamento de muitos profissionais, que acabam contraindo a doença e precisando realizar o isolamento domiciliar.  

José Renato lamentou o relaxamento da maior parte dos são-luizenses nos cuidados de prevenção. “Grande parte da população abandonou totalmente os cuidados. É raro vermos uma pessoa se cuidando adequadamente e isso é lamentável”, disse.

Outra doença que está causando preocupação é a Influenza. Conforme o médico, os métodos de prevenção para a covid-19 e a gripe são os mesmos, o que acaba facilitando neste sentido. José Renato informa que as autoridades médicas de São Luiz Gonzaga já criaram um protocolo de atendimento nas unidades de saúde, para melhor atender e diferenciar os pacientes contaminados com as duas doenças.

Ao contrário da covid-19, a Influenza possui tratamento medicamentoso, feito como o Tamiflu, que precisa ser tomado pelo paciente 48h após os primeiros sintomas, caso contrario, a medicação não tem eficácia. Conforme o diretor do hospital local, a Secretaria de Saúde de São Luiz Gonzaga já solicitou ao Governo do Estado novas remessas de Tamiflu. O medicamento não é comercializado em farmácias.

Rádio Missioneira