No Dia do Trabalhador, sindicalistas falam sobre os desafios de suas categorias - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
1 de maio de 2019
55.99986.2313 (55) 3352-4141

No Dia do Trabalhador, sindicalistas falam sobre os desafios de suas categorias

Américo, Rafael, Nilson e Joner (este último por telefone) participaram do programa Jornal da Manhã. Foto: Nivaldo Maciel/Rádio Missioneira
1 de maio de 2019 l 10:40
Materia atualizada: 02/05/2019 l 09:58




Compartilhe!

Nesta quarta-feira, Dia do Trabalhador, a Rádio Missioneira realizou sua programação normal pela parte da manhã. Na oportunidade o programa Jornal da Manhã dedicou espaço especial aos representantes dos trabalhadores, que falaram a respeito de temas que preocupam suas categorias, tanto no cenário nacional como estadual e municipal.

Na ocasião, as entidades foram representadas na pessoa do presidente do Sindicato dos Comerciários, Américo Fabrício Pereira, presidente do Sindicato dos Municipários, Nilson de Chaves, diretor do 33º Núcleo do Cpers, Joner Marchi Nascimento e secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Luiz Gonzaga e Rolador, Rafael Dalenogare.

Professores

Responsável pelo núcleo do Cpers de São Luiz Gonzaga e região, Joner Nascimento participou de nossa programação por telefone. Em um delicado momento de transição de governos vivenciado por seus colegas, ele observa a desvalorização daqueles que mais contribuem com a construção do Brasil, com direitos sendo atacados e retirados.

Em reunião nesta semana com o Governador, a diretoria do Cpers solicitou aumento, porém, o sindicato foi informado que a prioridade é pagar os salários em dia. Sobre isso, Joner lembrou que há cinco anos não há nem mesmo a reposição da inflação para os professores do Estado. Além disso, o Governo prioriza o capital privado, com isenções fiscais e fazendo vista grossa para sonegações.

Municipários

Presidente do Sindicato dos Municipários, Nilson de Chaves alertou para o desmanche dos direitos dos servidores. O término da licença prêmio é um exemplo disso. O Governo Federal, a cada medida provisória, vem acabando com os sindicatos. Isso também se reflete no aumento do número de associações ao sindicato, evidenciando a preocupação cada vez maior dos servidores e a busca de alguém que defenda seus direitos.

A perspectiva de se acabar com fundos de pensões e outras medidas que os sindicalistas consideram absurdas podem fazer com que, em breve, a sociedade como um todo vivencie um grande dano. Tanto servidores que ainda não se aposentaram côo aqueles que já estão sairão prejudicados por essa reofrma.

Comerciários

Para Américo Fabrício, os comerciários vêm sendo cada vez mais prejudicados por decisões governamentais, o que faz o líder sindical acreditar que os trabalhadores que se importam com seu futuro devem eleger pessoas identificadas com sua categoria. Ele citou o exemplo municipal, onde há um projeto de regulamentação do horário do comércio que, nos moldes propostos, vai fazer com que os trabalhadores fiquem sob pressão constante.

Américo ressaltou que há muitos empresários dispostos a colaborar com os trabalhadores, porém, existe um grupo que pressiona o Prefeito e vereadores para retirar cláusulas importantes do projeto, como a que exige o pagamento de hora extra nos sábados à tarde. Ele ressaltou que deseja para o futuro um País onde os trabalhadores tenham uma aposentadoria digna e que possam viver para usufruir da mesma.

Trabalhadores rurais

Rafael Dalenogare iniciou focando na reforma da Previdência e reforma trabalhista, que vêm na contramão das comemorações pelas excelentes safras. Apesar de já consolidada, a reforma trabalhista não trouxe nenhum resultado efetivo na geração de empregos e a reforma da Previdência parece que caminha no mesmo sentido.

Pensando nisso, no próximo dia 3 haverá novo debate sobre esses assuntos em reunião da Regional Missões II em São Nicolau. Para Rafael, é necessário o bom senso entre as duas partes, pois os trabalhadores e aposentados também movimentam o comércio dos empresários.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados