No Dia do Trabalhador, presidentes de sindicatos destacam a luta dos trabalhadores

O programa Jornal da Manhã de quinta-feira foi especial em homenagem ao Dia do Trabalhador. O programa teve a presença de representantes de sindicatos de São Luiz Gonzaga. 

O presidente do Sindicato da Alimentação de São Luiz Gonzaga, Atanásio Santiago, destacou as negociações na Cotrijuí, empresa que trabalha. Destacou a aprovação NR 36, que beneficia os trabalhadores de frigoríficos. A determinação traz mais qualidade de trabalho aos funcionários dos frigoríficos. Uma dessas conquistas é a parada de 60 minutos para descanso durante o turno de trabalho o índice de insalubridade. ”É uma conquista histórica”, disse. Ele também salientou que em conversas com a direção da Cotrijuí, Atanásio disse que os dirigentes estão trabalhando para fortalecer a cooperativa.

Já o tesoureiro do Sindicato dos Municipários de São Luiz Gonzaga, Nilson Chaves, falou sobre as tratativas da classe funcionalista e a Administração Municipal. Destacou a luta pelo vale alimentação, uma das conquistas dos servidores através de diversas assembleias e encontros. A discussão atual diz respeito ao não pagamento do vale alimentação no período em que os servidores estiverem nas férias.  Nilson disse que o sindicato é a favor da contribuição do funcionário, mas não de abrir mão do vale durante as férias. 

Outro presidente de sindicato que participou do programa foi Américo Fabrício, presidente do Sindicato dos Comerciários. O presidente ressaltou as atuais bandeiras de luta da classe. A principal delas é a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas, sem redução do salário.  Disse que tal revindicação já deveria ter sido implantada há muito tempo. Outra questão é o fortalecimento do piso regional e o fim do banco de horas.