Museu Monsenhor Estanislau Wolski comemora 37 anos contando nossa história - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
10 de outubro de 2014
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Museu Monsenhor Estanislau Wolski comemora 37 anos contando nossa história

10 de outubro de 2014 l 10:14
Materia atualizada: 10/10/2014 l 10:14




Compartilhe!

Museu Monsenhor EstanislauWolski: 37 anos contando nossa história! Esse foi o tema comemorado na manhã desta quinta-feira, 09, em Santo Antônio das Missões. O evento ocorreu em frente ao Museu e contou com a participação do prefeito Puranci Barcelos, vice-prefeita IzaldaBoccacio, secretária de Educação Rejane de Souza, bem como demais autoridades locais.

O Museu Municipal Monsenhor EstanislauWolski é uma instituição cultural que foi criada através da Lei Municipal nº. 24/77 de 10 de outubro de 1977, sob a responsabilidade da Administração Municipal, estando subordinado administrativamente à Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), sendo considerado o sonho e a idealização do Padre Olmiro Edmundo Hartmann (in memórian), que demonstrou ter um grande interesse pela conservação das relíquias do passado e em suas visitas religiosas às famílias, foi adquirindo um grande número de peças e imagens de madeira confeccionadas pelos índios guaranis, nas Reduções Jesuíticas e também adquiriu uma grande variedade de objetos que haviam sido utilizados pelos antepassados residentes no município, reunindo assim, fragmentos da história do povo santo-antoniense.

A Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, agradece a participação das escolas que apresentaram brilhantes e criativas paródias em comemoração aos 37 anos do Museu: EMEF Brasil Urbano da Silva; Santo Antônio; Antônio dos Santos Robalos; Deocleciano Rodrigues da Silva e Evilásio Jacques Ourique.

Acervo missioneiro

Atualmente o Museu Municipal Monsenhor EstanislauWolski, esta em segundo lugar no Estado do Rio Grande do Sul, em acervo missioneiro, sendo considerado ainda mais raro que o de São Miguel das Missões, por possuir peças de diversos tamanhos, desde imagens de um metro e sessenta até as miniaturas, contando com uma média de 8oo peças, que mostram um pouco da história da arte missioneira, indígena, campeira, sacra, da natureza, meios de comunicação, profissões, documentos, fotografias dos antepassados que fizeram a história do município, livros, moedas, armas, utilidades domésticas e de uso pessoal, além dos documentos históricos referentes às atividades da Sociedade Pró-Melhoramentos da antiga Vila Treze de Janeiro, até sua emancipação política que a transformou em cidade de Santo Antônio das Missões.
 


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados