Municípios das Missões debatem construção do complexo hidrelétrico Panambi-Garabi - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
6 de novembro de 2013
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Municípios das Missões debatem construção do complexo hidrelétrico Panambi-Garabi

6 de novembro de 2013 l 07:33
Materia atualizada: 06/11/2013 l 07:33




Compartilhe!

O Governo do Estado está dando continuidade aos diálogos com as comunidades de dos municípios que poderão ter algum impacto caso haja a possibilidade da construção do complexo hidrelétrico Panambi-Garabi, nas regiões Noroeste Colonial e Missões.

 

Nesta terça-feira à tarde (05/11), o diálogo ocorreu em Cerro Largo, na Associação dos Municípios das Missões. Nesta quarta-feira (06), às 16h, interessados debatem o tema em Porto Lucena, no Centro Cultural Internacional. Quinta-feira o assunto será foco da comunidade de Giruá e na sexta-feira, de Santo Cristo. Já ocorreram debates nos municípios de Pirapó, São Nicolau, Porto Xavier, Roque Gonzáles, São Borja, Santo Antônio das Missões, Garruchos e São Luiz Gonzaga. Ao todo, serão 34 municípios neste ciclo de debates.

 

Nestas reuniões está presente um representante da Eletrobrás, empresa pública responsável pelos estudos para verificar a viabilidade da obra, além do representante do Governo do Estado, Renê Ribeiro, coordenador do Grupo de Trabalho designado pelo governador Tarso Genro para promover o diálogo e esclarecimento de todas as etapas do projeto com todos os setores representativos da comunidade.

 

O representante da Eletrobrás detalha todos os aspectos do projeto e tira dúvidas da comunidade. Nas reuniões também são debatidos aspectos que os moradores considerem importantes para integrar o Plano de Desenvolvimento da Região a ser construído de forma participativa com o governo do Estado. “Convidamos a todos os interessados a participarem dos debates e decidir o que é melhor para a comunidade”, registra Renê Ribeiro.

 

Amplo diálogo

Os impactos socioambientais da construção das hidrelétricas foram debatidos com mais de 600 pessoas no dia 4 de outubro, em Santa Rosa, em atividade organizada pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Cdes-RS). Na ocasião ficou encaminhada a realização deste ciclo de reuniões em cada um dos municípios que tenha reflexos do empreendimento para envolver as comunidades locais, compartilhar informações e consultá-las acerca de suas posições em relação à construção. As demandas, preocupações e contribuições manifestadas pelos participantes serão levadas ao governador Tarso Genro.

 

No início do ano o governo gaúcho formou um Grupo de Trabalho envolvendo representações de 17 secretarias de governo para acompanhar o processo de estudo e construção das barragens, buscar minimizar impactos ambientais e potencializar os benefícios econômicos e sociais das atividades relacionadas à construção.

 

 


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados