Mulher vítima de feminicídio está sendo velada em São Nicolau;ex-companheiro está foragido

Compartilhe!

O velório de Ieda Gomes da Luz, de 41 anos, ocorre desde hoje
cedo em São Nicolau, na funerária que leva o nome da cidade. O sepultamento
será nesta tarde, em horário a ser confirmado pela família. Ela foi assassinada
na casa onde morava com facadas
. Segundo o delegado José Renato Moura, o
ex-companheiro da vítima, que havia feito várias ameaças, é considerado
foragido pelo crime.

Ontem à noite a polícia realizou diligências em busca do
criminoso, mas ele não foi encontrado. Moura irá representar ao poder
judiciário a prisão preventiva do acusado. Ieda tinha medidas protetivas contra
o homem, a qual teve um relacionamento de cinco anos. Eles estavam separados há
cerca de dois anos, mas o indivíduo não se conformava com o fim da relação e
fazia ameaças pelo telefone. A vítima chegou à ir na tarde de ontem à polícia,
para informar sobre as intimidações.
À noite, ela foi morta.

Leia mais:

Homem acusado de praticar roubo e estupro de mulher é preso em São Luiz Gonzaga

É o segundo feminicídio em pouco mais de 15 dias na região.
Em 13 de abril, Irene Diel, de 41 anos, empresária de Dezesseis de Novembro,
foi morta com tiros pelo ex-companheiro
, Ramão Padilha, de 55 anos, vereador no
município. Após assassinar Irene, ele se suicidou. Ramão chegou a ser socorrido
com vida e levado a atendimento médico, mas morreu no hospital poucas horas
depois.