logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Morte precoce: João Antunes deixa legado de amor por Bossoroca e pelas Missões

Compartilhe!

A morte precoce do poeta bossoroquense João Antunes deixou a comunidade regional em luto. Aos 62 anos, o ativista cultural morreu em sua casa, nas primeiras horas da madrugada desta sexta-feira (26). Em sua sobras, sempre evidenciou a sua amada terra natal e a o histórico chão missioneiro.

Natural do Rincão das Burras, no interior de Bossoroca, desde criança João teve o gosto pelas leituras, pela comunicação e pela história.  Aos oito anos tentou fazer os primeiros versos.  A poesia, desde cedo, foi sua paixão. Em várias entrevistas, Antunes ressaltou que teve como seu incentivador e orientador o poeta bossoroquense João Luiz Bandeira da Silva,

João Antunes tinha um carinho especial por sua terra natal e guardava uma simpatia pela obra de Jayme Caetano Braun. Ao longo da vida, teve inúmeros parceiros nas produções, principalmente João Ribeiro, Vasco Rodrigues, José Dirceu Dutra, Afrânio Marchi, Gorge Bitencourt e Alberi Lamberty.

Foi autor e co-autor de mais de 1.000 obras. Produziu três livros e teve participação em mais de 20 coletâneas de poesias. Como letrista, conquistou mais de 150 premiações em festivais.

João Antunes era apaixonado por Bossoroca e dedicou sua vida à história e à cultura gaúcha e missioneira. Na política, foi vereador em sua terra natal e desempenhou importante papel de liderança comunitária.

Foto: arquivo pessoal

Rádio Missioneira

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.