logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Moradores das Missões tiveram veículos inundados no estacionamento do Aeroporto Salgado Filho

Compartilhe!

Após mais de um mês da enchente que inundou o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, os motoristas que deixaram seus carros estacionados começaram a retirar os veículos. O processo iniciou na manhã da última terça-feira (4) e deve seguir ao longo das próximas semanas. A saída dos veículos é possível em razão da diminuição da água em toda a área do aeroporto.

A reportagem da Rádio Missioneira apurou que há veículos que partiram da Região das Missões e que ficaram submersos no estacionamento. Moradores de São Luiz Gonzaga e Dezesseis de Novembro, por exemplo, foram prejudicados. Após deixarem o carro no aeroporto, os missioneiros souberam, ainda durante as suas respectivas viagens, que os veículos haviam sido atingidos pela inundação.

O processo de retirada será feito de forma escalonada. A Estapar, empresa responsável pela administração do estacionamento, criou um esquema para dar maior fluidez na movimentação. Nos dias pares, podem ser retirados os carros cujo número final da placa é par. O mesmo vale para os dias ímpares.

Estimativa extraoficial de funcionários ouvidos no aeroporto aponta que mais de 2 mil veículos tenham sido deixados nos cinco pontos disponíveis. A Estapar não divulga levantamento sobre a quantidade de carros atingidos.

Muitos deles estavam em vagas térreas e, portanto, foram totalmente inundados. O impacto foi maior nos estacionamentos abertos. Com muitos veículos classificados como perda total, diversos guinchos circulam pela área externa do aeroporto.

Fonte: Rádio Missioneira | Com informações de GZH 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.