Monumento de Cenair Maicá é instalado em São Miguel das Missões

Compartilhe!

Nesta terça-feira (9) o monumento em homenagem ao cantor Cenair Maicá foi instalado na cidade de São Miguel das Missões. A obra é de autoria do escultor e artista plástico são-luizense Vinícius Ribeiro. A homenagem a um dos quatro troncos missioneiros estava pronta há cerca de um ano e em função da pandemia ficou aguardando um momento oportuno para ser transladada da oficina de Vinícius Ribeiro, em São Luiz Gonzaga, até São Miguel das Missões.

Segundo o autor, em recente entrevista à Rádio Missioneira, o monumento terá quatro metros de altura e no pedestal haverá uma fonte que irá jorrar água, para relembrar a trajetória do “Cantor das Águas”, como Cenair ficou conhecido. O projeto prevê ainda que no entorno do monumento seja construído um memorial que deverá abrigar um acervo sobre a história do artista e da região missioneira. A área tem 2,5 hectares e está localizada na esquina das Ruas Ricardo Antunes Ribas com a Franklin Ferreira da Costa.

Detalhe de como deverá ficar o local, com o projeto paisagístico de Daniel Mascarim e Richna Mascarim | Foto: Divulgação

Embora nascido em Tucunduva, Cenair Maicá morou em São Miguel das Missões, onde possuía um restaurante. Segundo Vinícius Ribeiro, neste período em que Maicá viveu na cidade, conheceu de perto a alma dos guaranis, descendentes da antiga redução jesuítica. “Maicá tinha uma proximidade muito grande com os indígenas e manteve uma relação de admiração por eles”, destaca.

O projeto do monumento é uma iniciativa de um grupo de voluntários da comunidade de São Miguel das Missões, com destaque para o CTN Sinos de São Miguel, que teve apoio da Prefeitura Municipal. Todo o dinheiro investido na obra teve origem através de campanhas realizadas na cidade, como eventos e outras formas de arrecadação. A inauguração está prevista para ocorrer no dia 3 de maio, data em que se comemora o aniversário do artista.

Com a instalação da estátua de Cenair Maicá, três dos quatro troncos missioneiros passam a ser homenageados na região. Os monumentos de Jayme Caetano Braun em São Luiz Gonzaga e de Noel Guarany em Bossoroca também foram idealizados pelo escultor Vinícius Ribeiro. “O Cenair merece essa homenagem, pois foi através da musicalidade dele e dos demais troncos que a história das Missões foi difundida, antes disso, ninguém conhecia nosso belíssimo passado”, conclui Vinícius.

This slideshow requires JavaScript.

Rádio Missioneira