Missões: 2.720 profissionais, 561 idosos de lares e 122 indígenas receberão a dose da vacina

Compartilhe!

O coordenador da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, Yuri Sommer Zabolotsky, concedeu entrevista ao programa Jornal da Manhã na Missioneira FM 94.9 nesta terça-feira (19) a fim de explanar como funcionará o plano de imunização contra a covid-19 nos 24 municípios que integram a região administrativa.

Segundo Yuri, as 3.560 doses que o Governo do Estado destinará às Missões chegará na tarde desta terça-feira via aérea pelo Aeroporto Regional Sepé Tiarajú, em São Ângelo. Além de uma equipe da 12ª Coordenadoria, estarão presentes no aeroporto membros das regionais de saúde de Santa Rosa (14ª) e Ijuí (17ª).

Assim que as doses estiverem em Santo Ângelo, a coordenadoria realizará uma contabilização e estipulará um quantitativo para cada município. “A quantidade de vacinas para cada cidade, neste momento, será pequena, por isso o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual já definiram públicos-alvo” ressalta Yuri.

O coordenador afirma ainda que a população precisa ter calma, já que nesta etapa não haverá vacinas disponíveis em postos de saúde. Seguindo as diretrizes estipuladas pelo Plano Nacional de Imunizações, a 12ª Coordenadoria de Saúde aplicará a primeira dose da CoronaVac em 2.720 profissionais da área da saúde que trabalham na linha do combate à pandemia, 561 idosos que vivem em lares de longa permanência e 122 indígenas que vivem em aldeias em São Miguel das Missões e Santo Ângelo. Cerca de 100 doses restantes ficarão de reserva.

Yuri ressalta que equipes das secretarias municipais de saúde irão até os locais aplicar as vacinas. Mesmo com a imunização, ele destaca que a população precisa manter os cuidados, pois ainda irá demorar cerca de 6 meses para que boa parte da população missioneira seja vacinada.

Rádio Missioneira