logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Médica Ivana Iesbik esclarece dúvidas sobre a dengue

Compartilhe!

A médica clínica geral Ivana Iesbik participou nesta segunda-feira, dia 26, do programa Jornal da Manhã da Rádio Missioneira FM 94.9. Ela esclareceu dúvidas sobre os sintomas característicos da dengue e salientou a importância da população se utilizar de toda a rede de postos de saúde, deixando para procurar o Hospital São Luiz Gonzaga quando os sintomas foram mais graves e realmente houver necessidade.

“Estamos sim em uma epidemia de dengue, mas também com outras doenças de sintomas semelhantes, como as gastrointerites, bastante presentes nos atendimentos. É importante que as pessoas se atentem para dores no corpo e nas articulações, dores de cabeça, febre alta, dores atrás dos olhos e sintomas gastrointestinais como vômito e diarreia que não cessem. Porém, todos são sintomas comuns em outras doenças e é preciso se distinguir os mais predominantes”, afirmou Ivana.

Segundo ela, o tratamento básico é hidratação com bastante água filtrada e outros líquidos, principalmente nas primeiras 24h dos sintomas. Dá para tomar soro de rehidratação oral  e é muito importante não se automedicar, devendo utilizar apenas paracetamol e dipirona em casos de dores pelo corpo. “Não se pode tomar antiinflamatórios porque podem provocar hemorragias. Vale destacar também que não temos no momento exame da dengue pelo SUS e nem por convênios. Em caso de forte suspeita da doença, o paciente terá de pagar o exame.”

Urgência – A médica Ivana Iesbik destaca que devem procurar o hospital os pacientes com sintomas mais graves como dor intensa abdominal, vômito que não cessa, que está inchado, tem queda de pressão e sangramento nas gengivas e mucosas, além de ficar mais sonolento e prostrado. “Quem não tem esses sintomas e nem comorbidades como diabetes, cardiopatias e hipertensão devem procurar primeiro os postos de saúde.”

FONTE: RÁDIO MISSIONEIRA 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.